Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) começou nesta terça-feira (21) o "III Congresso Brasileiro de Educação Ambiental Interdisciplinar" (COBEAI), no Complexo Multieventos, em Juazeiro (BA). A edição deste ano, que pretende discutir o tema ‘‘Meio Ambiente e Responsabilidade Social’, iniciou às 8h e seguiu até às 22h, com conferências e mais de dez minicursos temáticos. O evento conta com a participação de professores, alunos de escolas públicas, universitários e ambientalistas de todo o Brasil.

Na cerimônia de abertura, estiveram presentes o coordenador geral do III COBEAI, Paulo Ramos; o representante da FACAPE, Celso Franca, da AMMA, Rafael Oliveira, os representantes do Centro de Manejo da Fauna da Caatinga (CEMAFAUNA), da Embrapa, da Codevasf, da Secretaria de Educação de Juazeiro, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), além da representante da Reitoria da Univasf, Mônica Tomé.

A programação do III COBEAI é a maior e mais diversificada desde que o evento foi lançado pelo Programa Escola Verde (PEV), em 2015. Até sexta-feira (24), o congresso traz para a cidade, a apresentação de mais de 300 trabalhos científicos de estudantes de várias regiões, 19 minicursos, 18 exposições científicas, 10 conferências, 9 oficinas e 6 mesas redondas. Instituições como a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) também está apresentando trabalhos e iniciativas.

Durante os quatro dias, o evento vai debater a responsabilidade social das pessoas e das autoridades públicas sobre o meio ambiente, promover o intercâmbio, a troca de experiências e a divulgação dos trabalhos elaborados por diferentes instituições públicas e privadas de todo o país na área de educação ambiental.

Segundo o Coordenador do III COBEAI, Paulo Ramos, o congresso pretende sensibilizar estudantes, professores e a população sobre o papel de cada um para a preservação do meio ambiente. “Aqui está sendo um canal livre para as pessoas obterem conhecimento e refletirem sobre as ações que influenciam e determinam a vida e a diversidade de nosso ecossistema”, disse.

A universitária Maria Viviane Palmeira veio do município de Caririaçu, no interior do Ceará, para apresentar seu trabalho científico. Cursando Irrigação e Drenagem pela Faculdade de Tecnologia do Cariri (FATEC), a estudante afirma que desenvolve atividades de horta escolar na sua cidade e se sentiu atraída a participar do evento devido às peculiaridades do solo e salinização do Vale do São Francisco. “O congresso está sendo uma oportunidade para adquirir novos conhecimentos que importam na formação acadêmica da minha área”, conclui.



Jacó Viana Jornalista/ Assessor de Imprensa

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você