Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

 (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

O Sport vive situação cada vez mais delicada no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a derrota por 2 a 0 para o Atlético-GO manteve o time na zona de rebaixamento, agora com três pontos de desvantagem para o Vitória, primeiro fora da degola.

Apesar da fase complicada, e restando poucos jogos para o fim, o técnico Daniel Paulista quer o elenco acreditando nas chances de recuperação e de manutenção do Rubro-Negro na elite nacional.

“Nós temos que seguir acreditando, trabalhando, fazendo nossa parte. Vamos montar a estratégia pensando jogo a jogo, pensando no próximo adversário, que é o Palmeiras, para que a gente possa entrar de uma forma melhor”, analisou o comandante, que assumiu o time após a demissão de Vanderlei Luxemburgo, no fim de outubro.

Sobre o revés em Goiânia, Daniel admitiu que sua equipe esteve longe de atuar da melhor forma. “Vamos continuar trabalhando, as coisas não aconteceram hoje porque não conseguimos executar com deveríamos, mas isso passou”, lamentou.

Com 36 pontos, o Sport segue como pior equipe do returno. Na primeira metade da campanha, o time chegou a lutar por G6, brigando por vaga na Libertadores de 2018. Porém, com apenas uma vitória em 15 jogos no returno, a briga virou contra o rebaixamento.

O próximo duelo dos rubro-negros é na quinta-feira, às 20 horas (de Brasília), contra o Palmeiras, no Palestra Itália. Para o treinador, o importante é reanimar seus jogadores. “Vamos trabalhar em cima do Palmeiras, resgatar esses jogadores, levantar a moral e tentar sair dessa situação”, finalizou. As informações são da Gazeta Esportiva.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você