Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Reprodução/Noticias ao Minuto / iStock)


Novos tratamentos com resultados rápidos e efetivos surgem como opção para obter um rosto harmonioso, sem precisar de intervenção cirúrgica.

Com a proximidade das festas de final de ano, começa a preocupação para apresentar um rosto harmonioso, livre de manchas, rugas, flacidez, vasinhos e até de papada. Mas esqueça as cirurgias: novos procedimentos faciais atuam contra essas alterações e tem o benefício de serem livres de cortes! Conheça cinco tratamentos tops, com resultados rápidos já nas primeiras sessões!

Manchas x Drug Delivery Digital

D&D é a inovadora técnica do Drug Delivery Digital, que permite a inserção de ativos na pele por meio de agulhas, com total controle do médico, e na dosagem perfeita (que é 100% aproveitada). O sistema, exclusividade da LMG Lasers no Brasil, permite eliminar as manchas com a aplicação de ácido tranexâmico, que age diretamente nos comunicadores celulares responsáveis pela pigmentação bloqueando os processos inflamatórios relacionados às manchas. Segundo o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr, na técnica de drug delivery comum, as microagulhas perfuram a pele e as substâncias são aplicadas posteriormente aproveitando esses canais de entrada das agulhas.

“É uma técnica eficiente, porém os medicamentos colocados não são 100% aproveitados, uma vez que parte dessas substâncias são perdidas na camada mais superficial da pele”, explica o dermatologista. “Com a nova tecnologia D&D, as agulhas fazem a entrega dos ativos, como se fosse uma ‘injeção’”, acrescenta. D&D permite um tratamento homogêneo e preciso, ajuste da velocidade das agulhas e da profundidade de liberação dos ativos, que podem atingir de 0,5 a 5 mm de profundidade. “A tecnologia ainda possui um sistema de pressão negativa (vácuo) que faz uma espécie de sucção na pele para facilitar a penetração das agulhas ao mesmo tempo em que diminui o nível de dor, reduz os efeitos colaterais e minimiza o sangramento”, comenta o dermatologista. No tratamento de manchas, o ácido tranexâmico pode ser injetado a cada 15 dias em quatro sessões.

Rugas x Preenchimento

Segundo a cirurgiã plástica Dra. Beatriz Lassance, o preenchimento é responsável por repor o volume perdido, já que o ácido hialurônico preenche um espaço sob a pele e atrai água para o local em que foi aplicado, melhorando a hidratação. “O ácido hialurônico tem uma infinidade de aplicações estéticas: nas maçãs do rosto para aumentar o tônus e volume da região; nos lábios para volumização; no dorso do nariz para eliminar marcas; na região da mandíbula para melhorar o contorno facial; e na área dos olhos para amenizar olheiras e bolsas”, diz a médica membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Isaps (International Society of Aesthetic Plastic Surgery). A médica ressalta que, para trazer mais naturalidade e evitar exageros, o ácido hialurônico pode ser melhor aproveitado se usado em menor quantidade e feito em mais sessões. “Isso dá um aspecto mais natural e os resultados são gradativos”, afirma.

Flacidez facial x Legacy

Legacy é uma novidade que conta com o sistema 4D, uma combinação de pulso magnético, radiofrequência multipolar (de 150W), Varipulse (sucção ajustável para ação profunda) e controle térmico de temperatura. Tudo isso traz alto impacto para promover firmeza, conforme explica o dermatologista Dr. Jardis Volpe, membro da Academia Americana de Dermatologia: “A radiofrequência multipolar aquece o tecido de maneira homogênea, de forma que este aquecimento atua sobre o colágeno e a elastina, promovendo a melhora da flacidez; mas a atuação conjunta do pulso magnético faz com que o tratamento atue sobre os fatores de crescimento dos fibroblastos, entregando no final do tratamento uma pele ainda mais firme e com mais elasticidade”, explica. Dessa forma, a tecnologia aumenta a atividade metabólica, realiza a criação de novos vasos, consequentemente o aumento da oxigenação e a nutrição da pele, além de provocar estímulo nos fibroblastos, o que contribui para aumentar a quantidade de colágeno e elastina. O procedimento é indolor.

Papada x CoolTech Tiny

O acúmulo de gordura debaixo do queixo, popularmente chamando de papada, agora pode ser resolvido com Tiny, procedimento de criolipólise do CoolTech para pequenas áreas. “Além de promover resfriamento seletivo e destruição das células de gordura que, pelo processo de frio, entram em morte celular programada (apoptose), o procedimento realça o contorno facial de forma não invasiva”, explica a Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. Tiny é um tratamento de criolipólise do CoolTech que consiste na aplicação de baixa temperatura na região da papada, congelando o tecido gorduroso por um período de trinta e cinco minutos em até 0ºC. “Quando o procedimento se encerra, as células de gordura que sofreram o congelamento são liberadas através do metabolismo natural do nosso organismo de forma gradual.” De acordo com estudos, com a técnica de criolipólise do CoolTech há uma redução de 18% a 25% da gordura da área tratada, e o resultado é visível entre 30 e 60 dias após a primeira aplicação. A recomendação é de que sejam feitas de uma a três sessões (com intervalo de dois meses), dependendo da necessidade do paciente.

Vasinhos x Laser

A cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgiã Vascular, ressalta que o uso de laser Nd Yag 1064 ou luz pulsada resolve o problema. “A luz pulsada é capaz de tratar a grande maioria dos vasinhos de face. Mas o Laser Nd Yag 1064 é o que existe de mais específico para tratamento de lesões vasculares, apresentando maior efetividade no tratamento”, explica. Com bons resultados, segundo a médica, a indicação é de, em média, de uma a cinco sessões (dependendo do tipo de lesão) com grande nível de segurança, já que a dor é amenizada com uso de aparelhos resfriadores de pele.

Quanto aos cuidados antes e depois do tratamento, a médica detalha que não se deve aplicar cremes ou maquiagem no rosto no dia (para evitar interação com laser e evitar queimaduras), não se expor ao sol durante cerca de uma semana, usar protetor solar com fator 50 ou 60 e, em casos raros, especialmente para peles mais sensíveis, usar pomadas à base de corticóide. “É natural que, depois de algum tempo, os vasinhos voltem a aparecer, pois sua origem básica envolve fatores genéticos e hormonais, que não são modificados com o tratamento. O procedimento pode ser repetido, sem limite”, explica. As informações são do Noticias ao Minuto.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você