Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: EMMANUEL DUNAD / AFP)

O Uruguai garantiu a liderança do Grupo A da Copa do Mundo durante a tarde desta segunda-feira. Em Samara, a seleção sul-americana dominou a Rússia desde o começo da partida e provocou a primeira derrota dos donos da casa ao ganhar por 3 a 0.

Com nove pontos em três partidas, o Uruguai é o primeiro time a assegurar 100% de aproveitamento na fase classificatória. A Rússia, com seis pontos, termina no segundo lugar. Nas oitavas de final, as duas seleções cruzam com os classificados do Grupo B, integrado por Espanha e Portugal, que entram em campo ainda nesta segunda.

Às 15 horas (de Brasília) de sábado, em busca de uma vaga nas quartas de final da Copa do Mundo, o Uruguai volta a campo para enfrentar o segundo colocado do Grupo B, no Estádio Fisht. Já a Rússia, às 11 horas de domingo, pega o líder do Grupo B, no Estádio Luzhniki.

O Jogo –
O Uruguai saiu na frente logo aos nove minutos do primeiro tempo, quando Betancur foi derrubado por Gazinskii perto da entrada da grande área. Suarez cobrou a falta forte e rasteiro, no canto esquerdo do experiente Akinfeev, que não conseguiu defender.

O time sul-americano aumentou sua vantagem no marcador aos 22 minutos da etapa inicial. Após cobrança de escanteio de Torreira pela direita, Dzyuba afastou de cabeça. No rebote, Laxalt bateu forte, a bola desviou em Cheryshev e matou o goleiro Akinfeev.

Em desvantagem no placar, a Rússia passou a jogar com um a menos ainda no primeiro tempo. Smolnikov, que já havia recebido o cartão amarelo, cometeu falta dura em Laxalt e acabou expulso pelo senegalês Malang Diedhiou. Para recompor o lado direito, o técnico Stanislav Cherchesov trocou Cheryshev pelo brasileiro Mario Fernandes.

A etapa complementar do confronto travado entre Uruguai e Rússia em Samara foi de poucas emoções. Em um dos raros momentos de alegria na partida, a torcida local celebrou a saída de Miranchuk para a entrada de Smolov, que teve performance apenas discreta.

O Uruguai, com a liderança do grupo praticamente garantida e em superioridade numérica, diminuiu o ritmo durante o segundo tempo. Na tentativa de melhorar a criatividade de sua equipe, o técnico Oscar Tabarez trocou Betancur pelo cruzeirense Arrascaeta.

O Uruguai encerrou o marcador aos 45 minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio de Arrascaeta pela direita, Godin subiu e cabeceou firme. Akinfeev espalmou e o atacante Cavani, oportunista, completou no rebote para marcar seu primeiro gol na Copa do Mundo.

FICHA TÉCNICA
URUGUAI 3 x 0 RÚSSIA


Local: Cosmos Arena, em Samara (Rússia)
Data: 25 de junho de 2018 (Segunda-feira)
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Malang Diedhiou (SEN)
Assistentes: Djibril Camara (SEN) e El Hadji Samba (SEN)
Público: 41.970 pessoas
Cartões amarelos: Smolnikov e Gazinskii (RUS)
Cartão vermelho: Smolnikov (RUS)
Gols:
URUGUAI: Suarez, aos 9 minutos do 1º Tempo, Cheryshev (contra), aos 22 minutos do 1º Tempo, e Cavani, aos 45 minutos do 2º Tempo

URUGUAI: Muslera; Caceres, Godin e Coates; Nandez (Rodriguez), Vecino, Torreira, Betancur (Arrascaeta) e Laxalt; Cavani (Gomez) e Saurez
Técnico: Óscar Tabárez

RÚSSIA: Akinfeev; Smolnikov, Kutepov, Ignashevich e Kudriashov; Samedov, Zobnin, Gazinskii (Kuziaev) e Cheryshev (Mario Fernandes); Miranchuk (Smolov) e Dzyuba
Técnico: Stanislav Cherchesov



As informações são da Gazeta Esportiva.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário