Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Jacó Viana

Um cachorro não é apenas um bichinho fofo que a gente compra na loja”, diz Jade de Souza Nunes, 13 anos, que se uniu a três amigas de escola para levar o revisor de textos braile, Milton Carvalho, a uma palestra sobre proteção e cuidado animal.

Por quase um mês, Jade e outros 120 alunos do Colégio Plenus, em Petrolina (PE), contribuíram, por exemplo, para arrecadar produtos pets higiênicos, levantar doações em dinheiro e convidar voluntários de ONGs animais, a fim de trazer informações sobre suas atividades. E por último, nesta quarta-feira (10), chamaram o revisor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) para falar de sua experiência com um cão guia.

Baseando-se no livro ‘Um Anjo de Quatro Patas’, de Walcyr Carrasco, os alunos, que estão no 8º ano do Ensino Fundamental (anos finais), sob a orientação da professora Rousimeire Guimarães, participaram dessas iniciativas com o objetivo de discutir junto aos pais, amigos e vizinhos questões como adoção animal, abandono, maus tratos, negligência e crueldade. Só esses alunos levantaram mais de R$ 500 em produtos que, após a palestra, foram destinados à ONG Proteger, uma entidade que já recolheu e tratou 3.500 cães e gatos em Petrolina e Juazeiro desde a sua criação, em 2012.
As ações sensibilizaram o palestrante Milton Carvalho, que, ao lado de sua labradora Shiva, pôde explicar aos alunos o verdadeiro significado de inclusão social. “É fundamental esse contato com as crianças porque muito mais que teoria, livros ou vídeos, a vivência possibilita uma melhor compreensão sobre a nossa realidade”. Cão guia de Milton desde 2012, Shiva foi uma atração à parte. “As crianças vivem um encantamento quando veem Shiva e, a partir disso, nossas conversas se tornam mais naturais”, conta.

A inspiração para o desenvolvimento dessas atividades, segundo a Diretora Pedagógica do Plenus, Sílvia Santos, veio da busca por ensinar aos estudantes a importância do trato animal. Muitas pessoas possuem um bichinho, mas, por não saberem criá-lo direito, abandonam ou não o tratam bem. “Nossos alunos não só se sensibilizaram, como se engajaram acima das expectativas a fim de conseguirem muitas doações para animais que estão na fila de doação”.

Fotos: Jacó Viana

Fila essa que Jade e suas amiguinhas querem encurtar. “Um cão é muito mais que um bichinho que a gente compra. Acho que só devemos pegar um animal se realmente sentirmos amor por ele, até porque um cachorro, gato ou papagaio [...] não são objetos descartáveis que nós jogamos fora sem pensar”, disse.

Além de Milton Carvalho, estiveram no Colégio Plenus os voluntários da ONG Proteger e uma representante do Centro de Controle de Zoonoses de Petrolina. Conversando com as crianças, eles explicaram brevemente como funciona o trabalho das instituições e como cuidar adequadamente dos animais. Com informações Jornalista Jacó Viana.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário