Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Manifestação da classe dos motoboys na Câmara de Vereadores de Petrolina, Foto: Kris de Lima/ TV Grande Rio

Representantes da classe de motoboys realizam na manhã desta terça-feira (19) uma manifestação no auditório da Câmara de Vereadores de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Eles usaram cartazes para cobrar respeito e direitos. Na tribuna, reivindicaram a regulamentação da classe, a criação de um sindicato e a fiscalização das empresas que utilizam o serviço de delivery.

"A importância disso para gente é ser reconhecido, ter um trabalho mais digno com condições melhores, porque muitas vezes, as condições são precárias para gente", explicou o motoboy, Fernando Oliveira Barros.

A reclamação dos motoboys vem junto com um pedido de justiça. Na última sexta feira (15) à noite, Edson Soares, de 19 anos, estava trabalhando quando em uma estrada na entrada do bairro Nova Petrolina, um carro atingiu a moto que ele pilotava em cheio. O jovem morreu no local.

"Viemos pedir justiça sobre o nosso amigo que veio a falecer, infelizmente por imprudência de um motorista. Como todos pensam que nós motoboys andamos sempre correndo, mas se a gente anda devagar tem reclamação do cliente. E se anda rápido, tem reclamação da população, que o motoboy anda correndo e a gente é julgado como muito loucos. A gente vem lutar por isso e queremos que a nossa classe seja reconhecida como uma profissão", destacou o motoboy Alan Franklin.

Na sessão deliberativa desta terça-feira (18), os vereadores aprovaram por unanimidade um requerimento feito pelo vereador Paulo Valgueiro (MDB) que pede a realização de campanhas educativas para motofretistas e deliverys, e a regulamentação da categoria pelo município.

"São diversas empresas que fazem entregas de seus produtos através dos motoboys. Eles precisam de uma educação, de uma garantia da sua profissão, que não tem ainda. Cabe ao município, o que ficou previsto na legislação federal, fazer a regulamentação municipal", esclareceu o vereador Paulo Valgueiro. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário