Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Após identificar problemas pontuais nas obras iniciadas pela gestão anterior, a Prefeitura de Petrolina vem estudando alternativas para agilizar a reabertura da Biblioteca Municipal Cid Carvalho e do Museu do Sertão. Os dois equipamentos estão na fase final de uma reforma iniciada em julho do ano passado, mas, segundo técnicos, algumas melhorias fundamentais não foram incluídas no contrato que contemplou os dois espaços.

Diante dos problemas, o prefeito Miguel Coelho visitou as obras na última semana para discutir com sua equipe quais medidas precisam ser tomadas para evitar prejuízos à população. Acompanhado pela secretária de Cultura, Turismo e Esportes, Maria Elena Alencar; pela secretária de Educação, Maéve Melo, além de engenheiros, o gestor percorreu os dois equipamentos para identificar as necessidades atuais.

Durante a visita, Miguel constatou que um dos principais problemas da biblioteca ainda não foi solucionado: a refrigeração. De acordo com técnicos, o projeto elaborado pela gestão anterior incluía a instalação de climatizadores, o que não é adequado para o espaço que armazena livros.

“A biblioteca é fundamental para a formação de vários estudantes que hoje estão sofrendo sem um espaço apropriado, e o que vimos é uma obra inacabada. Diante disso, já estamos tomando as devidas providências para entregar este importante equipamento o mais breve possível” disse o prefeito.

Fundação Cultural

Já no Museu do Sertão, os problemas são ainda maiores, uma vez que, a reforma em andamento não incluiu itens fundamentais para reabrir o espaço da forma adequada. Diante da problemática, Miguel determinou a elaboração de um novo plano de trabalho para assegurar a reabertura do equipamento.

Segundo o prefeito, uma das alternativas para garantir a reabertura adequada do Museu do Sertão seria reativar a Fundação Cultural de Petrolina. “Nosso museu é a história viva de nossa região. A orientação é que a gente também possa resgatar a Fundação Cultural de Petrolina, que há mais de 10 anos está parada. A fundação tem todo acervo técnico para que possamos transformar o museu numa grande atração turística e é nisso que estamos trabalhando”, disse Miguel.



Magnólia Costa 
Assessora de Comunicação Sec. Cultura, Turismo e Esporte
Sec. de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos 

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você