Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Droga conhecida como cristal estava acondcionada em sacos pretos (Foto: Divulgação/PF)


A Polícia Federal em Pernambuco anunciou, na manhã desta quinta-feira (23), ter feito a maior apreensão de metanfetamina da história do Aeroporto Internacional do Recife/Gilberto Freyre, na Zona Sul da cidade. Com apoio da Receita Federal, os agentes prenderam em flagrante um homem e uma mulher que transportavam 7,4 quilos da droga, em fundos falsos de bagagens. O entorpecente, um estimulante sintético, também é conhecido como cristal.

As capturas ocorreram na madrugada de quarta-feira (22), por voltas das 4h. O casal acabara de desembarcar de um voo que saiu de Portugal. A viagem começou em Amsterdã, na Holanda. O destino final da droga era São Paulo.

Aos policiais federais, o jovem, de 21 anos, contou que a ideia de entrar no tráfico internacional drogas sintéticas começou em uma festa de música eletrônica ocorrida em Santa Catarina. Nessa ocasião, o pernambucano, que mora naquele estado, contou ter conhecido um traficante de ecstasy.

Nesse encontro, ele informou ter recebido a proposta para ir até Amsterdã para buscar as malas com a metanfetamina. Para participar do plano, no entanto, teria que convidar uma mulher, conforme determinou a pessoa que fez o convite.

Por isso, o rapaz chamou uma amiga que havia conhecido em uma casa de shows. Essa jovem cearense, de 19 anos, segundo o homem, não sabia do plano de participar do tráfico internacional de drogas. De acordo com a PF, nenhum dos envolvidos com o transporte dessa droga tinha antecedentes criminais.

As prisões

As prisões aconteceram durante fiscalização de rotina. Os agentes detectaram que os dois jovens estavam muito impacientes e nervosos. Chamado para uma conversa, o casal também teve as malas recolhidas. As baggagens passaream pelo Raio-X e os técnicos encontraram dois objetos de formato estranho.

Nos fundos falsos das bagagens, estavam dois invólucros de formato retangular contendo uma substância pastosa. Após o narcoteste, ficou comprovado que era metanfetamina.


(Reprodução / TV Globo)

Os jovens seguiram para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, na área central do Recife. Lá, foram autuados por tráfico internacional de entorpecentes. Caso sejam condenados, poderão pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.

Eles se submeteram a exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), na área central do Recife. Em seguida, passaram pela audiência de custódia , que confirmou as prisões preventivas. A mulher foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina, na Zona Oeste do Recife, e o homem para o Cotel, em Abreu e LIma, na Região Metropolitana.

A droga

Essa droga, segundo a PF, é produzida na Europa. A principal origam do material é o Afeganistão, na Ásia. O entorpecente ficou muito conhecido por causa da série de televisão Breaking Bad.

A metanfetamina pode ser cheiranda, fumanda ou injetanda. Os efeitos desta droga geralmente duram cerca de 6 a 8 horas, mas podem durar até 24 horas. Ela Provoca danos à saúde como perda de memória, agressão, comportamento psicótico, danos coronários e cerebrais potenciais.

Estatísticas


Esta é a 13ª apreensão de drogas feita em 2017 pela PF no aeroporto. Ocorreram 16 prisões. Houve a apreensão de 23,3Kg de cocaína, 43Kg de Skank, 11,4Kg de Haxixe e 10,4Kg de metanfetamina e 30 quilos de maconha.

Em 2016 foram realizadas 14 apreensões com 14 pessoas presas. Os agentes apreenderam 26Kg de haxixe, 13.7Kg de cocaína, 6,1Kg de metanfetamina, 25,1Kg de Ecstasy (cerca de 75.800 (setenta e cinco mil e oitocentos comprimidos) e 56 aparelhos celulares Iphone 7.

Em 2015 houve uma apreensão de drogas no Aeroporto Gilberto Freyre. Duas pessoas foram presas com 10,6Kg de cocaína. As informações são do G1 PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você