Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Cédulas estavam com fisioterapeuta natural do Rio Grande do Norte (Foto: Polícia Federal/Divulgação)


A Polícia Federal em Pernambuco apreendeu, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, R$ 2.300 em notas falsas. As cédulas estavam com um fisioterapeuta, de 25 anos, natural do Rio Grande do Norte, que foi preso.

Autuado em flagrante, Hugo dos Santos Albano passou por audiência de custódia, que confirmou a prisão preventiva. Ele foi encaminhado para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana, e pode pegar até 12 anos de prisão.

A ação da Polícia Federal, ocorrida na terça-feira (13), foi divulgada na manhã desta quinta-feira (15). De acordo com a PF, as cédulas falsas estavam em uma sacola plástica. Eram 44 notas de R$ 50 e uma de R$ 100.

Os agentes localizaram, ainda, R$ 4.569. Essas cédulas, segundo a corporação, são aparentemente verdadeiras e passarão por perícia técnica.

Segundo a PF, Hugo informou aos agentes que veio passar o carnaval em Pernambuco e recebeu uma oferta para comprar as notas falsas. Ele alegou ter pago R$ 1 mil e que pretendia repassar as cédulas no comércio.

A prisão

De acordo com a Polícia Federal, a prisão aconteceu durante uma ação de rotina feita por policiais militares do 6º Batalhão, em Prazeres, em Jaboatão.

Os PMs passavam por uma rua em Barra de Jangada e observaram um grupo de homens. Havia uma pessoa em um carro, com placa do Rio Grande do Norte, e cinco em volta do veículo, na calçada.

Os militares fizeram a abordagem e localizaram os pacotes de dinheiro falso no automóvel. Além das notas, foram recolhidos celulares.

Os militares conduziram os seis homens para a sede da PF, no Centro do Recife. Lá, Hugo confirmou, segundo a PF, ser o dono das notas falsas.

Após a autuação, ele passou por exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife. Agora, está à disposição da Justiça Federal. Os outros homens foram liberados.

Estatísticas

Em 2017, a PF fez cinco apreensões significativas de dinheiro falso. Foram apreendidos R$ 49.900 e sete pessoas acabaram presas. Em 2016, foram duas prisões. A PF tirou de circulação R$ 11.620 em notas falsas.

Dicas para reconhecer notas falsas

Ao receber duas notas de igual valor verifique as numerações. Os falsários não costumam fazer notas falsas com números diferentes, pois isso gera custos com impressão.
Repare na textura do papel das notas que estão sendo recebidas. As cédulas falsas tendem a ser lisas, enquanto as notas verdadeiras são ásperas e possuem um alto relevo e saliência nos itens de segurança que pode ser percebido pelo tato.


Veja as cores

Nas cédulas legítimas, as tonalidades são firmes. As notas falsas têm cores com pouca nitidez e costuma haver borramento das cores.
Verifique a marca d'água colocando a cédula contra a luz. As informações são do G1 PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário