Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) sugeriu hoje (1º) à Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado que o colegiado convide um representante do Ministério das Relações Exteriores para explicar aos integrantes da CRE como estão as tratativas para que o país passe a integrar a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). “O Brasil participa de alguns fóruns da entidade; especialmente, sobre temas ligados à educação e às indústrias do aço e da aviação”, observa. “Mas, ainda não somos membro oficial da OCDE e a adesão brasileira ao grupo significará a integração do país às nações mais desenvolvidas do mundo”, acrescenta o vice-líder do governo no Senado.

A proposta de Fernando Bezerra foi acolhida pela CRE, que convidará para o debate Carlos Márcio Cozendey, embaixador do Brasil junto à OCDE, em Paris. Nesta quarta-feira (28), o vice-líder reuniu-se com o diretor da Rede Parlamentar da Organização, Anthony Gooch, e com o presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). O encontro, no gabinete de Bezerra Coelho, marca o início das tratativas legislativas para que o Brasil passe a integrar a OCDE, entidade internacional composta pelos países com as economias mais fortalecidas do planeta.

Durante a reunião, Fernando Bezerra Coelho sugeriu que Tasso Jereissati converse com outros senadores para que seja definido um grupo de parlamentares responsável pela aproximação do Brasil à OCDE. Anthony Gooch propôs que o país participe de uma conferência da Organização marcada para o início do próximo mês de julho, em Santiago, capital do Chile. “Uma oportunidade para o Brasil estreitar a relação com o grupo”, destacou.

Gooch também ressaltou que considera “necessária” a entrada do Brasil na OCDE. “Temos interesse em integrá-lo pela importância dentro da América Latina e pelo potencial econômico que enxergamos no país”, afirmou. O diretor da OCDE ainda lembrou que países como México, Costa Rica e Colômbia já fazem parte da Organização. E que Argentina e Peru estão em processo de adesão ao grupo.

OCDE – A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico é uma entidade internacional formada por 35 países que aceitam os princípios da democracia representativa e da economia de mercado. Ela conta com uma plataforma para a comparação de políticas econômicas, solução de problemas comuns e coordenação de políticas domésticas e internacionais. A maioria das nações que integram a OCDE tem elevados Produto Interno Bruto (PIB) e Índice de Desenvolvimento Humano.



Assessoria de Imprensa: FBC 

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você