Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Joias foram recuperadas em residência na Zona Norte de Teresina (Foto: Divulgação/PM)

A Polícia Militar recuperou, na madrugada deste sábado (28), joias, óculos e relógios roubados durante assalto a uma joalheria localizada na rua Barroso, Centro de Teresina. Os itens, avaliados em cerca de R$ 35 mil, estavam em uma residência localizada na Zona Norte da capital. Dois suspeitos foram presos durante a ação policial. O crime aconteceu na quarta-feira (18).

De acordo com o coronel Márcio Oliveira, comandante do policiamento do semiárido, um jovem de 24 anos estava chegando ao local, por volta das três horas da madrugada, quando foi abordado pela polícia. “Ele estava usando tornozeleira eletrônica, não poderia estar fora de casa nesse horário, e portava um revólver", informou.

Durante a abordagem da polícia, o suspeito jogou um objeto para cima do telhado da residência. Ao entrar, a polícia encontrou uma jovem de 21 anos, identificada como namorada do suspeito. Ela entregou para a polícia uma sacola contendo itens roubados. O objeto jogado no teto da residência era um anel de ouro.

Os policiais apreenderam no local: um par de brincos; vinte e dois relógios analógicos; duas pulseiras; dois colares; três anéis; um smartphone; três óculos escuros; uma porção de maconha; um dólar americano; R$13,65 em espécie; dois pares de luvas; uma embalagem plástica feita de papel laminado; um punhal e dois casacos.

Joias foram recuperadas em residência na Zona Norte de Teresina (Foto: Divulgação/PM)

Foram encontrados ainda: duas espingardas calibre 4,5 mm, sendo uma com luneta; três chaves de alarme; um revólver calibre 38 sem numeração; sete munições calibre 38; uma munição 9 mm e um veículo de cor preta, parecido com um dos veículos utilizados no assalto à joalheria.

“O gerente de estoque da joalheria reconheceu os itens e o suspeito também foi reconhecido por uma funcionária. Segundo ela, ele esteve lá na loja, olhando a vitrine, no dia do roubo”, afirmou o coronel Márcio Oliveira.

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que os criminosos invadiram e roubaram a joalheria. No vídeo, o grupo aparece encapuzando usando um maçarico para entrar na loja e depois rapidamente usando sacos para recolher os produtos do estabelecimento. As informações são do Lucas Marreiros, G1 PI.




Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário