Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Bruno Lafaiete/TV Globo


Em setembro deste ano, Pernambuco registrou 6.695 Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs). O número, divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS) nesta quinta-feira (11), o número representa uma média diária de 223,1 ocorrências desse tipo, que incluem desde roubos de veículos, cargas, celulares até assaltos a ônibus no estado.

De acordo com o governo de Pernambuco, os dados de setembro representam uma redução de 30,38% desse tipo de crime no estado em comparação com o mesmo mês de 2017, quando foram registradas 9.617 queixas de roubos, e equivalem ao índice mais baixo dos últimos 41 meses, ou seja, desde abril de 2015. A SDS também destaca que setembro deste ano é o 13º mês consecutivo de diminuição de investidas criminosas no estado.

A redução dos casos de roubos foi verificada em todas as regiões do estado em setembro de 2018. No Agreste, a queda foi de 45,48%, com o número de ocorrências desse tipo diminuindo de 1.904 para 1.038 no comparativo com o mesmo mês de 2017. Na Região Metropolitana do Recife, com exceção da capital pernambucana, o total de queixas de roubo caiu de 3.218 para 2.289, uma diminuição de 28,82%.

Os casos no Sertão reduziram 25,3%, saindo de 502 para 375, enquanto na Zona da Mata a queda foi de 14,56%, pois foi registrada uma diminuição de 1.058 casos para 904. Considerando apenas o Recife, o percentual de queda foi de 28,87%, com as queixas de roubos diminuindo de 3.218 para 2.289.

Segundo a pasta, o acumulado de janeiro a setembro de 2018 mostra uma queda de 23,73% nos assaltos ocorridos em Pernambuco. Houve, no estado, 95.062 roubos registrados nesse mesmo período de 2017 e 72.500 casos nos nove primeiros meses deste ano.

Ônibus e bancos

Pernambuco teve o registro de 44 assaltos a ônibus em setembro deste ano, o que equivale a uma redução de 41% em comparação com os 75 casos contabilizados no referido mês em 2017. Segundo a SDS, essa redução representa o menor número de investidas criminosas contra o transporte coletivo em uma série histórica de 46 meses, ou seja, desde outubro de 2014.

No acumulado deste ano, a redução chega a 43,8%: de janeiro e setembro de 2018, houve 679 roubos a ônibus no estado, contra 1.209 registros no mesmo período de 2017. De acordo com a SDS, essa diminuição pode ser explicada pelo reforço no policiamento e na prisão de 183 pessoas envolvidas nesse tipo de crime através da Força-Tarefa Coletivos.

Sem mencionar o número de investidas contra agências bancárias, carros-fortes e caixas eletrônicos registradas em Pernambuco em setembro deste ano, o governo divulgou que esse tipo de crime sofreu uma redução de 30% no acumulado deste ano. Foram 78 casos notificados em 2017 contra 54 ocorrências em 2018. A SDS explicou, em nota, que a Força-Tarefa Bancos, resultou na prisão de 37 pessoas em Pernambuco.

Celulares e cargas

Com relação a roubos de celulares em setembro deste ano, Pernambuco teve 2.651 ocorrências, o que constitui uma queda de 33% em relação aos 3.945 casos notificados no mesmo mês de 2017. No acumulado deste ano, foi registrada uma diminuição de 28% diante da notificação de 38.184 ocorrências nos primeiros nove meses de 2017 contra 27.498 casos registrados no referido período deste ano.

Em setembro de 2018, o programa Alerta Celular contribuiu para a recuperação de 590 aparelhos, 484% a mais que o número de recuperados no mesmo mês de 2017. Desde que foi criado, em março de 2017, o programa da SDS ajudou a recuperar 4.608 telefones.

Os roubos de veículos e cargas também caíram em setembro deste ano. “O quantitativo de queixas por roubo de veículos, por exemplo, teve uma redução de 31,26% em relação a setembro do ano passado, que somou 1.510 casos. No último mês, foram 1.038”, informa a nota da SDS. Quanto às cargas roubadas, o número de roubos reduziu 34% em setembro de 2018, quando foram notificadas 33 ocorrências, contra 50 em setembro de 2017. As informações são do G1 PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário