Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Movimento nos frigoríficos de Petrolina é intenso com o réveillon — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio



O réveillon além de ser uma comemoração da entrada do ano-novo também é um momento para curtir com a família e os amigos, dando adeus ao ano velho. A data costuma ser especial, com muita festa e comida, carnes, principalmente. Por isso o movimento nos frigoríficos de Petrolina neste sábado (29) esteve intenso.

A dona de casa Maria Ana Vieira da Silva foi ao frigorífico para comprar os cortes de costela bovina, prato que já é tradição na festa de ano novo da família. "Faço temperado com cheiro verde, e, cozinho, e é só servir, fica bom", ressalta.

O quilo da costela está saindo por R$9,90. O lombo bovino recheado também tem sido muito procurado, o quilo sai por R$23,90. O filé mion, outro queridinho do réveillon, está por R$38, no frigorífico que passou o dia assim movimentado.

"A expectativa é boa, daqui para segunda-feira, a gente vai atingir de igual pra melhor dos outros anos. Um aumento de 30% a 40%", comenta o dono de frigorífico, Edvaldo Granja Parente.

As carnes suínas também fazem o maior sucesso nas festas de ano novo. Por isso, a procura aumentou neste frigorífico. Em dezembro, as vendas cresceram em até 60% na comparação com os outros meses do ano.

"Ano passado teve um aumento muito grande no mês de dezembro em relação aos outros meses. A gente já estava se preparando pra isso, mas esse mês me surpreendeu em relação a dezembro de 2017, surpreendeu Natal. E a gente está com a expectativa para este final de semana que antecede o ano novo", relata a dona de frigorífico, Caroline Castro.

Os cortes mais procurados são pernil, saindo por R$20 reais o quilo, e mais R$30 caso o cliente já queira levar para casa assado; costela suína custando R$ 21 reais o quilo e o lombo, também por 21 reais o quilo.

O técnico Paulo Henrique Moura dos Santos levou logo 3 quilos e meio, e não aguarda a hora de devorar tudo no jantar do réveillon. "Quem prepara é a mulher em casa. Eu entro na cerveja e como a carne". As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário