Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]


Foto: Reprodução

O menino de apenas 4 anos, que foi baleado durante uma operação policial em Juazeiro-BA, morreu nesse domingo (27) no Hospital Universitário de Petrolina, onde estava internado há mais de um mês. A criança foi atingida por um disparo de arma de fogo no dia 21 de dezembro do ano passado.

O disparo teria sido efetuado por um Policial Militar, durante uma perseguição à um homem que estava em uma motocicleta, no distrito de Maniçoba. O menino que passava com a mãe pelo local, acabou atingido na barriga.

A criança foi socorrida às presas por populares, que pediram ajuda dos policias, que até o momento não haviam percebido o ocorrido. O menino foi levado pelos PM’s para o HU-Univasf, onde passou por alguns procedimentos cirúrgicos.

Na época, o PNB entrou em contato com o Comandante da CPRN (Comando de Policiamento Regional Norte), Coronel Anselmo Bispo. De acordo com ele, o Major Irlan, responsável pela área, estava apurando a situação, mas que independente da versão dos policiais, seria aberto um inquérito Policial para apurar o fato.

Ontem, em nota, a 74ª CIPM Rural se manifestou sobre a morte do menino.

NOTA 74ª CIPM RURAL

“É com sentimento de profundo pesar que o Comandante da septuagésima quarta (74ª) Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) RURAL, o major Irlam Gouveia e todos Policiais Militares da companhia, neste momento de dor, se solidarizam e informam que o menino Gustavo Henrique faleceu na manhã deste domingo (27). É importante salientar que todos os Procedimentos Administrativos e o Inquérito Policial Militar já foram iniciados desde da ocorrência do fato e que estão em andamento. “Polícia Comunitária: dignidade e respeito ao cidadão””. As informações são do Preto no Branco Com Sibelle Fonseca.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário