Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Professora foi enterrada nesta quinta-feira, em Juazeiro — Foto: Reprodução/TV São Francisco

A professora Élida Márcia de Oliveira Nascimento Souza, de 32 anos, que foi atacada a tiros na frente a família, na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, foi enterrada nesta quinta-feira (21), sob forte comoção.

O sepultamento foi realizado no Cemitério Municipal. Dezenas de amigos e familiares da vítima compareceram à cerimônia, incluindo o marido da professora, identificado como Lázaro César. O homem estava emocionado e precisou ser aparado por familiares.

O crime ocorreu na manhã da quarta-feira (20), no momento em que a vítima saía de casa para trabalhar. A professora estava no carro da família, com o marido e a filha, de 2 anos, quando foi atacada.

De acordo com a polícia, dois homens se aproximaram em uma motocicleta e um deles atirou na professora. Em seguida, os suspeitos fugiram.

Foto: Reprodução

Élida Márcia foi atingida por cinco disparos e morreu no local. O marido dela foi atingido por estilhaços. Ele foi socorrido e levado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, onde foi atendido, e, em seguida, recebeu alta.

Ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime. O caso está sob investigação da Polícia Civil. As informações são do G1 BA.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário