Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Franck Fife/AFP

Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, admitiu nesta terça-feira que o clube voltou a consultar o estafe de Rony nesta semana. E mais: revelou que o Timão consultou Neymar e Cavani.

Como o atacante do Athletico-PR segue com futuro indefinido, ele falou ao telefone com o advogado Carlos André Lopes para saber como estava a situação do negócio. Rony também interessa ao Palmeiras.

– O Corinthians não fez proposta e não vai gastar esse dinheiro. Foi uma consulta para ver se algo tinha mudado. Tínhamos feito uma consulta no início de dezembro, quando soubemos os valores. E como não havia saído nenhum negócio até segunda-feira, fizemos uma consulta para ver se tinha condição, se tinha mudado algo – disse, à Rádio Transamérica.

– Mas os valores não mudaram, o Athletico exige os mesmos números (6 milhões de euros por 50%). Não entramos na negociação e não vamos entrar. O Corinthians não está disposto a fazer um investimento deste tamanho. Nestes valores, não interessa.

Segundo o dirigente, é papel dele realizar sondagens a empresários quando há jogadores com situação indefinida. Duílio citou dois astros do francês Paris Saint-Germain como exemplo e revelou que o clube teve tentativas ousadas.

– Já consultei Neymar e Cavani quando disseram que eles sairiam do PSG. Temos que buscar o melhor para o Corinthians. Vocês não tinham a informação que o Cavani queria jogar no futebol sul-americano? Eu tenho que ir atrás, por que não? Neymar também saiu um boato que poderia ser emprestado e que o Flamengo poderia ser opção, fui olhar a condição. O Corinthians é muito grande, mas os números eram inviáveis. Estou dando exemplos extremos para vocês entenderem como é o dia a dia – falou o dirigente, sobre algo feito ainda em 2019.

Com os pés mais no chão, o Timão busca um último reforço para o setor esquerdo do ataque. Se quiser contar com o jogador nas duas fases de pré-Libertadores, a diretoria tem até sexta-feira para fechar a contratação. Caso contrário, um novo reforço só poderá ser inscrito numa eventual fase de grupos do torneio. As informações são do GloboEsporte.com

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário