Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



(Foto: Reprodução/ TV Grande Rio )

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, convocou uma coletiva de imprensa neste sábado (14), para anunciar um protocolo de prevenção ao coronavírus no município. As medidas estão listadas em decreto municipal.

O decreto começa a valer a partir de domingo (15) e entre as medidas listadas no documento estão: contratação de novos profissionais de saúde; cancelamento de eventos com grande público; quarentena para pessoas vindas de países estrangeiros; criação de comitê operacional de emergência, entre outras. As medidas são preventivas, já que não há casos suspeitos ou confirmados da doença em Petrolina.

"Petrolina não tem nenhum caso suspeito (de coronavírus), muito menos confirmado aqui na nossa cidade, ou na região da 8ª regional da saúde. O decreto que nós estamos publicando hoje traz uma série de medidas que visam reforçar o plano de contingenciamento municipal de saúde que foi feito pela nossa equipe. Ele traz todos os trabalhos de fluxograma, de atendimento", explicou o prefeito.

A orientação da gestão municipal é que pessoas com sintomas de infecção pelo novo coronavírus busquem as unidades básicas de saúde dos bairros. Cerca de 340 servidores municipais foram capacitados para lidar com a Covid-19. Em casos mais graves, a unidade de referência será o Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Cerca de 500 profissionais foram capacitados e outros 34 devem ser contratados. Além dos pacientes de Petrolina, o HU também poderá atender pacientes de outros municípios do Sertão de Pernambuco. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário