Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



(Foto: Jonas Santos/PMP)

As forças de segurança pública de Petrolina uniram esforços para fazer cumprir os decretos emergenciais que estabelecem medidas de prevenção ao coronavírus. A 'Operação Impacto Integrado Covid-19' começou nesta segunda-feira (11). A ronda passou pelos bairros José e Maria, João de Deus e Dom Avelar. A ação atende a uma recomendação do Ministério Público de Pernambuco, acatada pelo município. O ato tem cunho educativo, mas, se necessário, a fiscalização será rigorosa.

Durante a fiscalização, foram encontrados em funcionamento estabelecimentos considerados não essenciais, como bares e salões de beleza, que foram proibidos de funcionar pelo Governo do Estado. Os proprietários foram notificados e orientados sobre a importância de manter o estabelecimento fechado e o distanciamento social, para reduzir a curva de contaminação pelo novo coronavírus.

A 'Operação Impacto Integrado Covid-19' conta com a colaboração do Ministério Público de Pernambuco, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina e Agência Municipal de Vigilância Sanitária.

Fiscalizações

A partir de agora as fiscalizações passam a ser mais rigorosas. Os comerciantes devem estar atentos, visto que, de acordo com o Código de Posturas do município, os estabelecimentos comerciais que descumprirem a lei podem ser interditados, multados e ter a licença de funcionamento cassada. Entre as novas medidas para reduzir o fluxo de pessoas nas ruas é a proibição do estacionamento nas ruas da região central de Petrolina, sujeito à multa e guincho.

A aglomeração de pessoas e o uso de espaços públicos que foram fechados, como Orla e quadras poliesportivas, continuam proibidos. A fiscalização vai atuar de forma intensa para orientar os cidadãos. Em casos de desobediência ou desacato, a pessoa pode ser conduzida para delegacia para adoção de medidas legais cabíveis. As informações são da Prefeitura de Petrolina / PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário