Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Representantes da cidade de Imperatriz, no Maranhão, visitaram Petrolina para tratar de um assunto muito importante: segurança pública. Com o objetivo de implementar um modelo de gestão municipal de segurança, eles se vieram ao sertão pernambucano para conhecer detalhes sobre o trabalho realizado por aqui em algumas áreas, como o ordenamento urbano e fiscalização de trânsito.

 A iniciativa irá ajudar também na criação da Guarda Civil Metropolitana de Imperatriz à partir do ano que vem. A expectativa é contar com um efetivo de 150 pessoas. Na programação, entre outros assuntos técnicos, foram apresentados o histórico, o regulamento disciplinar, a frota, a estrutura física da sede e o mapa de operações da Guarda Civil Municipal (GCM) petrolinense. Além disso, os visitantes puderam conhecer um pouco do Plano de Segurança Municipal de Petrolina, que está sendo elaborado pela secretaria-executiva de Segurança Pública da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS).

O secretário de Administração e Modernização de Imperatriz, José Antônio Silva Pereira, destacou a importância da visita. “Viemos à Petrolina em busca de experiências de sucesso. Estamos muito satisfeitos pela recepção já que vamos poder aplicar o que vimos aqui na nossa cidade”, projeta Pereira. Ao mesmo tempo, o comandante-geral da Guarda Metropolitana de Imperatriz, delegado José Ribeiro, reconheceu o trabalho realizado pela GCM de Petrolina. “Queremos trocar experiências para realizar um trabalho avançado de segurança pública na nossa região e por isso queremos aproveitar o “know-how” e os avanços conquistados nessa área pela Guarda Municipal de Petrolina”, explica Ribeiro.

Além do Inspetor-Chefe da Guarda Municipal de Petrolina, Inspetor Luiz Diniz, quem também recepcionou os visitantes do Maranhão foi o secretário-executivo de Segurança Pública, José Silvestre. Para ele, é gratificante receber o reconhecimento de outra cidade pelo novo projeto de segurança pública que ganha forma a partir deste ano. “Além de ser a primeira Guarda Municipal armada do Nordeste, também estamos servindo como referência por causa das mudanças no sistema de segurança pedidas pelo prefeito Miguel Coelho que entende que era necessário reforçar o funcionamento, a logística e os princípios do trabalho de todos os envolvidos no sistema de segurança municipal. Se estamos servindo de referência, é porque estamos no caminho certo”, destaca Silvestre.



Felipe Pereira / Ascom PMP / Foto: Segurança Pública de Petrolina

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário