Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Crianças sobem em boia para atravessar o rio (Foto: Jefferson David/Arquivo pessoal)


Um um vídeo gravado pelo professor Jefferson David Evangelista de Abre na segunda-feira (26), crianças usam uma boia para atravessar o rio Longá e ir até escola na cidade de Campo Maior, 84 Km de Teresina, por falta de uma ponte sobre o rio. A prefeitura da cidade informou que o problema é antigo e que ainda aguarda recursos para a construção de uma ponte.

Os estudantes residem nas comunidades da zona rural e todos os dias, segundo o professor Jefferson, precisam fazer a travessia perigosa para chegar até o ponto onde o transporte escolar aguarda.

"Todos os anos a situação se repete, pois não há ponte de acesso e os pais arriscam a vida dos filhos para eles tenham a oportunidade de estudar", comentou o professor.



(Reprodução do G1 / Vídeo: Jefferson David)

Ainda de acordo com professor, muitas garotas atravessam na boia com pouca roupa e só vestem o uniforme escolar do outro lado do rio antes de entrar no ônibus. Muitas vezes, quando o rio fica mais cheio e com mais correnteza devido ao mau tempo, as crianças são obrigadas a faltar porque alguns pais temem pela segurança dos filhos durante a travessia.

A população pede à prefeitura de Campo Maior a construção de uma ponte no local há anos. A assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Maior informou que o problema mostrando pela reportagem é antigo e que não foi resolvido em gestões passadas. No entanto, o atual prefeito, José de Ribamar, já solicitou à Defesa Civil e representantes da Secretaria Municipal de Educação que realizem ações para evitar acidentes durante a travessia dos alunos.

A assessoria informou que prefeito da cidade também já protocolou um projeto na Secretaria Estadual de Planejamento solicitando uma revisão no projeto antigo que visa a construção da ponte. Com a revisão, o gestor disse em nota que espera que o governador consiga recursos junto ]à bancada federal para construção da obra. Entretanto, ainda não há uma previsão de liberação de recursos. As informações são de Gilcilene Araújo, G1 PI.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você