Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Exército avalia situação que liga Bodocó a Ouricuri (Foto: Divulgação/ Ascom Bodocó)

A cidade de Bodocó, no Sertão de Pernambuco, tenta se reerguer após ter diversas casas inundadas pela água de rios e açudes, que transbordaram com a forte chuva da última sexta-feira (13). Segundo a prefeitura, o número desabrigados e desalojados é de 872 pessoas. A principal via de acesso à cidade, a PE-545, que cedeu com a correnteza ainda segue bloqueada, dificultando a chegada de assistência e impedindo a passagem rápida de doentes até o Hospital Regional Fernando Bezerra em Ouricuri.

O Comando do Segundo Batalhão de Engenharia de Construção do Exército (Piauí) realizou no domingo (15) uma avaliação das condições estruturais da Ponte Rio Pequi, na PE-545, que liga Bodocó a Ouricuri, onde parte da estrutura cedeu. No local deve ser feita a instalação de uma ponte móvel, de estrutura metálica, para que o tráfego seja liberado. Mas, ainda é preciso uma avaliação final para que o Comando Nacional do Exército autorize o serviço.



O acesso principal ao Hospital Regional Fernando Bezerra, a 18 km de Bodocó, está afetado. Os pacientes de urgência estão tendo que pegar uma via alternativa de mais 200 quilômetros para chegar até hospital.

Os desabrigados estão em dois locais: Centro de Educação Infantil Dorina Ferraz Gominho Bispo também no Colégio Municipal Antônia Locio da cruz. Já os desalojados estão nas casas de parentes. As equipes da prefeitura estão fazendo visitas domiciliares nas casas atingidas para fazer o cadastro social.

De acordo com a Assessoria da Prefeitura de Bodocó, todas as escolas municipais estão com aulas suspensas. Além disso, a escola estadual João Carlos Locio de almeida, também está sem funcionar. As demais escolas estaduais estão funcionando normalmente. As informações são do G1 Petrolina.



Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário