Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Ivaldo Reges

Os serviços para duplicação da Avenida Sete de Setembro ganharão um novo ritmo. Após uma reunião ocorrida nesta segunda-feira (23), entre o prefeito Miguel Coelho, representantes do Governo Federal e da CLC (empresa responsável pelas obras), foi definido um cronograma de trabalho com maior intensidade para cumprir o prazo de inauguração previsto para agosto. Com isso, caminhões, caçambas e retroescavadeiras já retornaram ao canteiro de obras a fim de remover trechos de asfalto e agilizar a fase de demolição.

O ritmo da intervenção na Avenida Sete de Setembro foi prejudicado nos últimos meses por conta das chuvas. Apesar de o trabalho nas pistas ser interrompido, a obra no aspecto geral foi continuada com serviços de concretagem e remoção de postes. Além disso, foram realizadas intervenções na sub-base da avenida e de topografia.

Após a fase de demolição e preparação do terreno, será feito asfaltamento das novas pistas. Por fim, será instalado a iluminação do corredor. “O mais importante é que as obras vão seguir o cronograma e se não houver mais nenhum imprevisto, a empresa de engenharia deve concluir a duplicação no começo do segundo semestre. Ninguém gosta desse transtorno que as obras estão causando, mas é preciso compreender que uma duplicação desse porte vai trazer um benefício muito maior para a mobilidade e o trânsito de Petrolina”, justifica o prefeito.

Após as obras, a avenida terá duas novas faixas para a passagem dos veículos, dobrando o espaço para o tráfego de 3,5 metros para 7 metros nos dois sentidos. A duplicação da Sete de Setembro tem investimento de quase R$ 7 milhões. O corredor é um eixo estratégico para conexão na entrada e saída de Petrolina, além de dar acesso a mais de dez bairros como José e Maria, Areia Branca, Dom Malan, Centro, Caminho do Sol, Vila Eulália, Jardim Maravilha e Gercino Coelho.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário