Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Divulgação/SSP-BA)

Uma operação integrada das polícias Militar e Civil localizou, na madrugada desta quinta-feira (3), dois criminosos que haviam sido presos recentemente por roubo a banco e homicídio. Silvestre Santos Viana, 24 anos, o 'Pesadelo', e Otávio Felipe da Silva de Jesus, 19 anos, o 'Boca', faziam parte da mesma quadrilha de tráfico de drogas, com atuação no bairro de Arenoso e eram alvos prioritários da SSP.

Pesadelo foi preso em dezembro de 2017 após roubo a banco, na cidade de Olindina. Na ocorrência cinco comparsas dele morreram em confronto. Desta vez, o criminoso reagiu à abordagem atirando e não resistiu aos ferimentos. Com ele foram apreendidos um revólver e um veículo modelo Celta, placa EZT-5354, roubado em São Paulo.

O criminoso tinha um machado tatuado nas costas, pois usava a ferramenta para matar rivais. "Pesadelo era um criminoso frio e que ganhou o apelido pela maneira que agia contra os traficantes rivais e usuários de drogas devedores. Infelizmente ele não se rendeu e preferiu atirar contra os PMs", contou o comandante do Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Central, coronel Anildo Rocha.

Já o Boca, preso mês passado, chegou a confessar o homicídio, mas foi colocado em liberdade provisória, usando tornozeleira eletrônica. Logo que foi liberado o criminoso partiu o equipamento e o dispensou jogando numa vala. Como voltou a praticar crimes, desta vez foi capturado, pois possuía mandado de prisão. "Boca e Pesadelo chefiavam a quadrilha no bairro de Arenoso. Temos as identificações dos outros integrantes e as ações no bairro continuarão até chegarmos em todos", avisou o coordenador da Polícia Civil, na Risp Central, delegado Guilherme Machado.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário