Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Reprodução

Em 2012, Cuca fez uma aposta arriscada e muito certeira: Ronaldinho Gaúcho. O craque, em baixa no Flamengo, foi contratado pelo Atlético-MG e acabou campeão da Libertadores da América no ano seguinte.

Agora no Santos, o técnico estuda a contratação de um “novo Ronaldinho Gaúcho”, aquela referência técnica, experiente, para amparar o jovem elenco alvinegro.

“Ronaldinho foi uma aposta, me chamaram de louco, disse que não jogaria mais… O vi no Flamengo pelo lado esquerdo, mas pensei nele como 10, uma cabeça pensante do time e foi decisivo. Pensei também nessa situação aqui no Santos, com outros nomes, que não cabe a mim falar agora”, disse Cuca, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Como a janela internacional de transferências se encerrou, Cuca e o Peixe podem ir atrás de uma “estrela” para 2019. O presidente José Carlos Peres sempre se mostrou a favor de viabilizar um atleta capaz de corresponder dentro de campo e capitalizar fora dele.

O Santos contratou seis reforços nesta temporada: Gabigol, Dodô, Eduardo Sasha, Bryan Ruiz, Carlos Sánchez e Derlis González. São dezenas de negociações fracassadas e alguns alvos de renome como Vagner Love, Paulo Henrique Ganso e Robinho durante o ano. As informações são da Gazeta Esportiva.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário