Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Sete homens foram presos no Recife por envolvimento em assaltos a carros-fortes em Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, um dos homens usava fardamento da Polícia Militar para praticar os crimes. O grupo havia também roubado uma ambulância para driblar o trânsito e facilitar a fuga.

Um dos suspeitos era funcionário do supermercado que seria alvo de uma investida criminosa. A prisão em flagrante ocorreu no sábado (10) e as informações foram divulgadas nesta segunda-feira (12), durante coletiva de imprensa realizada pela Polícia Civil, no Centro do Recife.

Os sete homens foram presos no supermercado Walmart da Madalena, na Zona Oeste da cidade. No momento em que foram abordados, eles se preparavam para assaltar um carro-forte que abasteceria os caixas eletrônicos do estabelecimento. O funcionário que foi preso estaria fornecendo informações sobre o local à quadrilha.

"Montamos uma campana e, no melhor momento, decidimos abordar e conseguimos prender todos os compontentes da quadrilha, inclusive com dois carros roubados, cinco armas de fogo e vasta munição", afirmou o delegado Paulo Berenguer, titular da Delegacia de Roubos e Furtos.

No mês de outubro, um dos suspeitos havia roubado uma ambulância que seria utilizada para o crime. O véiculo foi posicionado numa rua próxima ao mercado, para facilitar a fuga dos criminosos. O material roubado seria colocado dentro do baú do veículo.

No momento da prisão, um dos suspeitos utilizava um uniforme da Polícia Militar. Um colete à prova de balas da corporação também foi apreendido.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

"A farda é legítima e, pelas informações que nós temos, ela foi furtada de um policial militar e estaria sendo usada pelos integrantes essa farda. Ela era usada para permitir uma aproximação ao carro-forte, como um disfarce", disse Paulo Berenguer.

Ainda segundo a Polícia Civil, ao receberem voz de prisão, os criminosos chegaram a reagir. "Todos reagiram e colocaram as armas do lado de fora do veículo. Inicialmente, não obedeceram ao comando policial e houve a necessidade de uso de força. Foram autuados, também, por resistência", complementou o delegado.

Um dos presos na ocorrência já havia sido detido anteriormente por praticar assaltos com roupas da Polícia Militar, em Olinda. Os sete foram encaminhados para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. As informações são do G1 PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário