Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Conversores para a TV — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio

Nesta quarta-feira (9) está previsto o desligamento do sinal analógico em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Por isso, muita gente procurou comprar o kit digital. Na cidade, a busca pelos conversores continua e tem loja que está com o estoque quase zerado.

O movimento nas lojas diminuíram, mas no mês passado a saída de conversores surpreendeu os vendedores. Foram vendidos em média quatro aparelhos por dia. "O pessoal procura mais o mais simples que converte a imagem em HD, porque a gente tem os dois modelos, o mais simples e o que converte a TV em Smart TV", comenta o subgerente Antônio da Costa.

No estoque de loja ainda restam cerca de 50 conversores.O menor, que é o mais simples, custa R$129. Outro com duas entradas HDMI, de som e áudio, também converte a TV para Smart, o que permite o acesso à internet. Ele sai por R$349.

Já se o cliente não quer um conversor e prefere uma TV nova, a loja está fazendo promoção. "Temos uma grande quantidade em estoque e nesse mês temos uma grande promoção com TV, que já vem com o conversor digital integrado nela já", explica Antônio da Costa.

Em outra loja, também no centro da cidade, o conversor mais simples custa R$125 e o cliente tem um ano de garantia. No mês passado foram vendidos quase 200 desse modelo.

A procura pelos conversores em dezembro foi tão grande que só restaram quatro aparelhos como esse no estoque. Como agora em janeiro as vendas diminuíram o dono da loja vai aguardar a movimentação para fazer a reposição das peças.

"A partir do momento que a gente for vendendo, a gente vai buscar sempre ter um pouco de conversores para não deixar faltar", conta o dono da loja, Jorge Araújo dos Santos.

O vendedor ambulante Ubiraci Gomes foi até uma loja buscando um controle de conversor, porque o seu sumiu de uma hora para outra em casa. Se não achar vai comprar um aparelho novo pra não ficar sem sinal de TV. "Onde eu encontrar o valor que está adequado as minhas condições, eu compro". As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário