Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Imagem ilustrativa)

Foi condenado na terça-feira (08) a 31 anos de prisão, Ivan da Silva Pereira, que estuprou, engravidou e depois cometeu o assassinato da sobrinha Maria Clara das Neves Santos, de 12 anos. O crime aconteceu no dia 02 de junho do ano passado, no povoado de Cruz de Salinas, na Zona Rural de Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

As investigações da Polícia Civil apontaram que Ivan, companheiro da tia da vítima, teve um relacionamento eventual amoroso com Maria Clara, que havia ficado grávida. O corpo da adolescente foi encontrado enforcado com uma corda amarrado a uma árvore. A gravidez teria sido motivo do crime.

A pena já está sendo cumprida na Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes em Petrolina. Ele foi condenado a 23 anos pelo homicídio de Maria Clara e oito anos pelo estupro da adolescente. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário