Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Hospital Dom Malan, em Petrolina. (Foto: Divulgação)


Familiares de Geslane de Souza Lima, de 18 anos, entraram em contato com o Blog do Carlos Britto para informar que a jovem deu entrada no Hospital Dom Malan (HDM)/Imip na madrugada de ontem (19), e até hoje continua aguardando para realizar uma ultrassom.

Segundo a família, a jovem – que estava nos primeiros meses de gravidez – começou a sentir muitas dores e acabou perdendo o bebê. Mesmo nesse estado de saúde, segundo a família, Geslane não foi atendida e está até o momento sentada numa cadeira, sem acompanhante. Ela mora numa fazenda próximo ao N-5 do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho, zona rural de Petrolina.

Em nota, o hospital justificou a demora no atendimento.

Acompanhe:

O Hospital Dom Malan/Imip de Petrolina informa que, assim como Geslane de Souza Lima, outras 20 gestantes aguardam a realização de ultrassom. A equipe médica de exame por imagem chama as pacientes conforme a prioridade do caso e faz de tudo para que, em um menor tempo possível, todas possam ser atendidas.

Hoje pela manhã, 11 mulheres realizaram o exame, que demora entre 30 minutos e 1 hora para ser concluído.

No momento, a triagem obstétrica do Dom Malan está com 30 pacientes internadas. Esse número corresponde a quase 300% da sua taxa de ocupação, já que a capacidade instalada do setor é de 11 leitos para internamento.


Ascom/HDM-Imip

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário