Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Os usuários de transporte público da cidade vão precisar fazer a substituição dos cartões para continuar com o acesso ao serviço. — Foto: Paulo Ricardo Sobral

Em uma coletiva de imprensa realizada neste sábado (23), o prefeito de Petrolina Miguel Coelho, apresentou detalhes do funcionamento da nova frota de ônibus da cidade. O novo serviço de transporte começa a atuar a partir do dia 1º de dezembro e, no primeiro dia de operação, as passagens serão gratuitas. São 83 veículos, nove a mais do que a frota atual do município.

A frota é equipada com elevador para cadeirantes, tomada USB para celular, sinal de internet Wi-Fi, vidro fumê, câmeras de segurança e alguns dos ônibus são climatizados com ar-condicionado. Os veículos são do modelo Torino, com 12 metros de comprimento e capacidade para 32 passageiros sentados em poltronas.

"Foram mais de 15 anos de espera para que Petrolina pudesse ter ônibus de qualidade para dar dignidade no ir e vir das pessoas. Conseguimos trazer ônibus novos com preço mais acessível. No inicio da operação, em dezembro, vão se manter as 22 linhas que já existem, mas em um período de 90 a 120 dias, a Ammpla vai fazer um estudo para ampliação", declarou Miguel Coelho.

Os ônibus foram fabricados no Rio de Janeiro e pertencem à empresa Atlântica, de Salvador, que será a nova concessionária de transportes públicos da cidade.

"A gente vai fazer a integração de todos os moldais de transporte coletivo urbano e da área rural de Petrolina. Com isso, o sistema Bip utilizado atualmente, deixa de existir, prevalecendo o Sim, que é o novo sistema", disse o secretário executivo da Ammpla, José Carlos Alves.


As pessoas com deficiência que utilizam o passe livre também precisam mudar o atual cartão eletrônico. — Foto: Paulo Ricardo Sobral

Os usuários de transporte público da cidade vão precisar fazer a substituição dos cartões para continuar com o acesso ao serviço. As pessoas com deficiência que utilizam o passe livre também precisam mudar o atual cartão eletrônico Bip pelo novo cartão 'Sim Petrolina'.

Em relação ao saldo de créditos, o secretário informou que a prefeitura está trabalhando para fazer a migração do saldo para que nenhuma pessoa tenha prejuízos. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário