Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Segundo o ministro Onyx, Bolsa Família vai chegar a cerca de 14 milhões de família, o maior número da história do programa. Foto: Rafael Carvalho/ Min. Cidadania

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, assinou na tarde desta sexta-feira (20.03) a Portaria nº 355, que estabelece medidas emergenciais para o Programa Bolsa Família em decorrência da situação emergencial de Saúde Pública causada pelo Covid-19. Entre as medidas está a suspensão, pelo prazo de 120 dias, de bloqueios, suspensão e cancelamentos de benefícios e da averiguação e revisão cadastral, entre outros.

"O Bolsa Família é muito importante para as famílias mais vulneráveis do país. Com a inserção de mais 1,2 milhão de famílias, teremos cerca de 14 milhões de famílias beneficiadas, o maior número da história do programa", enfatizou Onyx. "Isso praticamente zera a fila existente", comemorou.

Além disso, o ministro destacou que a portaria soma-se a outras ações que o presidente Jair Bolsonaro está realizando para o enfrentamento da situação emergencial do Covid-19. "O presidente tem agido para reduzirmos os danos da crise e protegermos os idosos e os mais vulneráveis", assegurou. "Essa portaria garante que nenhuma família será excluída do programa nos próximos 120 dias e reafirma o compromisso do presidente Bolsonaro com o Bolsa Família", completou. As informações são do Ministério da Cidadania.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário