Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Foto: Reprodução / TV Globo

O Comando da Policia Militar no estado de São Paulo afastou das ruas 12 policiais investigados pela morte do camelô David Nascimento dos Santos, de 23 anos, após uma abordagem na favela do Areião, no Jaguaré, na Zona Oeste de São Paulo. O caso é apurado pela Corregedoria da corporação.

Ele foi visto pela última vez na quinta-feira (23) e, no sábado (25), moradores da favela fizeram um protesto pedindo soluções sobre o desaparecimento e a morte do jovem.

O jovem foi abordado pela PM quando esperava a entrega de um lanche. Foi colocado no banco de trás de um carro do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Baep) da PM.

Duas horas depois de ter sido abordado, o jovem chegou socorrido pelo Samu com vários tiros no Hospital Geral de Osasco, na Grande São Paulo. Ele foi reconhecido pelos familiares pelas tatuagens.

Policiais militares relataram à Polícia Civil que David tinha se envolvido em um tiroteio depois de assaltar um motorista por aplicativo em uma comunidade de Osasco. A versão foi derrubada porque uma câmera de segurança das ruas gravou a abordagem.

Imagens obtidas pela TV Globo mostram David Nascimento dos Santos caminhando entre os carros em uma viela. Uma viatura cinza, da Polícia Militar, para ao lado dele. David é chamado, volta e é revistado. Outro policial desembarca e David é colocado no banco de trás do carro. O veículo vai embora com a porta de trás aberta.

Vídeo mostra viatura

De acordo com a família do jovem, David veio até a viela pegar um lanche que ia chegar pelo serviço de entrega. Minutos antes de ser visto entrando na viatura, o rapaz trocou mensagens com a namorada.

Ela conta que David estava com um vizinho baixando um vídeo na internet. Em um áudio, ele diz: “Já, já eu tô descendo. Já baixei alguns aqui.” Depois disso, a namorada não conseguiu mais contato com ele. As informações são de César Galvão, G1 SP e TV Globo.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário