Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]


(Foto: PMP/PE)

A pandemia provocada pela covid-19 também provocou mudanças na mobilidade dos petrolinenses. Dez dias após adotar medidas mais rígidas incluindo a restrição de estacionamentos no centro da cidade, a prefeitura já registra uma redução de 50% no fluxo de veículos na região central. Entre as medidas para reduzir o fluxo de pessoas e veículos nas ruas está a proibição do estacionamento na região central de Petrolina, estando sujeito à multa e guincho.

Segundo levantamento da Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla), as novas medidas tem trazido resultados positivos com a redução pela metade do fluxo de veículos por ruas estratégicas como a Souza Junior, Dom Vital, Souza Filho e adjacências. A autarquia reforça que há exceção de vagas em serviços essenciais como farmácias, bancos, loterias, mercados, clínicas e moradores da região.

Todas as ações seguem as recomendações do Governo do Estado e fazem parte da 'Operação Impacto Integrado Covid-19' que conta com a colaboração do Ministério Público de Pernambuco, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina e Agência Municipal de Vigilância Sanitária.

A aglomeração de pessoas e o uso de espaços públicos que foram fechados, como Orla e quadras poliesportivas também continuam proibidos. A fiscalização vem atuando de forma intensa, principalmente, para orientar os cidadãos acerca das medidas preventivas. Mas vale lembrar que, em casos de desobediência ou desacato, o cidadão pode ser conduzido à delegacia para adoção de medidas legais cabíveis. As informações são da Prefeitura de Petrolina / PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário