Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Polícia suspeita que armas eram usadas em roubos e homicídios no Sertão da Paraíba (Foto: Silvio Rabelo/Polícia Civil/Arquivo)


Um suspeito de assaltar agências bancárias, alugar armas de fogo e possuir uma plantação de 20 mil pés de maconha foi preso, na quarta-feira (18) em Petrolina, Sertão de Pernambuco, na "Operação Maniçoba" realizada pela Polícia Federal da Paraíba. Na manhã desta quinta-feira (19), a PF cumpriu mais três mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão em São José do Belmonte, também em Pernambuco, expedidos pelo Juiz da 2ª Vara de Itaporanga, na Paraíba.

Segundo a PF, o preso em Petrolina é considerado um dos maiores assaltantes de bancos do Nordeste. No cumprimento dos mandados, policiais federais e militares de Pernambuco e da Bahia também foram convocados.

O suspeito de ser um dos maiores assaltantes a bancos do Nordeste tem ações nos estados da Paraíba, Piauí, Pernambuco, Bahia, Maranhão e Ceará, segundo a Polícia Federal. Ainda de acordo com a PF, “sua participação se dá no planejamento da ação para diversas organizações criminosas, com apoio intelectual/logístico e, possivelmente, com aluguel de armas e demais materiais”.

Além de ser “tido como um dos donos da plantação de maconha encontrada pela PF, em maio deste ano, entre as cidades de Diamante e Bonito de Santa Fé [ambas no Sertão da Paraíba], com cerca de 21 mil pés da planta”. As informações são do G1 Paraíba.



Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você