Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]




Os procedimentos para obter a renovação do alvará de transporte ficaram mais fáceis e rápidos, em Petrolina. A partir de agora, os motoristas poderão contar com este serviço online. Para isso, basta os interessados acessarem o link https://ammpla.interage.in/publico e informarem o número do Termo de Permissão (TP) e o CPF ou CNPJ do proprietário do veículo.

Em seguida, o motorista vai enviar os seguintes documentos digitalizados: cópias dos documentos pessoais, comprovante de residência, Certificado de Registro de Veículo (CRV), certidão negativa de antecedentes criminais dos estados da Bahia e Pernambuco, certidão de nada consta da habilitação, e a comprovação dos cursos de especialização. Poderão ser requisitados outros documentos dependendo da categoria do veículo. Após isso, ele receberá o boleto para pagamento das taxas e saberá a data para comparecer no Sest/Senat, no bairro KM 2, para fazer as vistorias.

De acordo com Geraldo Miranda, diretor-presidente da Ammpla, a novidade tem o objetivo de agilizar o serviço. “Agora os motoristas não precisam mais ir até a Ammpla, podem fazer tudo de casa, bem rápido e fácil. Com isso, vamos agilizar todo o processo, diminuindo a burocracia e reduzindo custos para o poder público”.

A renovação é anual e obrigatória de veículos que compõem o sistema local de transporte público complementar e individual de passageiros. A orientação é que os condutores não deixem para regularizar seu alvará no final do prazo, correndo o risco de ficarem irregulares.Confira os prazos:

Vistoria de Transportes complementares, táxi, fretamento e turismos

1ª vistoria 15 de janeiro até 16 de abril

2ª vistoria 02 de julho a 01 de agosto

Mototaxistas: 15 de janeiro a 30 de abril

Categoria Escolar:

1ª vistoria 15 de janeiro a 30 de março

2ª vistoria 15 de junho a 16 de julho

3ª vistoria 01 outubro a 30 de outubro

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário