Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Desde o ano passado, a Agência Municipal do Empreendedor (AGE) em Petrolina(PE) implantou uma política de renegociação de débitos para os seus clientes com pendências de contratos dos anos de 2015 e 2016.

A iniciativa rendeu bons frutos, o índice de recuperação de crédito desses respectivos contratos mostra uma redução da inadimplência de 86% para 33%. E com esta boa notícia, a AGE financiou novas demandas de empreendedores formais e informais do município.

Outro bom resultado apontado pelo órgão é que os números em 2017 ainda foram mais animadores, foram liberados 67 novos contratos no valor total de R$ 222 mil reais, uma média de R$ 3.313 reais por contato, possibilitando assim, aos empreendedores iniciar ou ampliar um negócio. Estes recursos liberados foram distribuídos por 34 bairros da zona urbana e rural de Petrolina.

O Projeto AGE Itinerante também veio para fortalecer e descentralizar os serviços da Agência, levando para os bairros capacitações, consultorias e linhas de créditos orientadas que fez com que os números ficassem ainda mais positivos, de 90 novos contratos já liberados para os empreendedores, 98% está adimplente e apenas 2% inadimplente.

O diretor – presidente da AGE, Sebastião Amorim, comemora os resultados. “Quero agradecer a nossa equipe e destacar o trabalho da gestão municipal em direcionar ações itinerantes para que o público-alvo que são os empreendedores formais e informais pudessem conhecer as atividades desenvolvidas pela Agência como: capacitações, consultorias e o beneficiamento das linhas de crédito que oportuniza fomentar o desenvolvimento sócio econômico do município”, destacou Sebastião.

Linhas de Crédito - A AGE oferece três linhas de crédito com juros de 1% ao mês e com até 10 meses para quitar o financiamento, de acordo com a linha de crédito escolhida, a exemplo da Popular que é até R$ 2 mil, da Plus que vai de R$ 2 mil até R$ 4 mil e da MegaPlus que vai de R$ 4 mil a R$ 8 mil. Para ter acesso ao programa de empréstimos, o empreendedor não pode ter pendências em órgãos de defesa de crédito (SPC, SERASA) e na prefeitura (IPTU, ISS, etc).



Lilian Telles: Assessora de Imprensa

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você