Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Colisão deixou policiais do Pelopes mortos (Foto: Hígor Silva/4O Graus)

Uma viatura da Polícia Militar colidiu contra um caminhão cegonha na BR-101, em Flexeiras, município do interior de Alagoas. Os três policiais que estavam na viatura morreram no acidente. Os militares eram das cidades de Água Preta, Catende e Palmares.

As vítimas foram identificadas como cabo José Luciano, de 35 anos, e os soldados Júlio Cesar, 33, e Esdras, 25, segundo a 2ª Companhia da Polícia Militar.

Os policiais faziam ronda e seguiam de Joaquim Gomes para Flexeiras pela rodovia, de acordo com a corporação.

O governador Renan Filho lamentou a tragédia e decretou luto oficial por três dias no estado pelas mortes dos policiais.

Caminhão cegonha estava abastecido de carros no momento da colisão (Foto: Hígor Silva/4O Graus)

Testemunhas informaram para os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que no momento do acidente a pista estava molhada e o motorista da viatura perdeu o controle derrapando o veículo que se chocou com o caminhão cegonha.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros se deslocou de helicóptero para ajudar no resgate das vítimas, mas ao chegar no local os militares já estavam em óbito.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e sinalizou o local do acidente ajudando a controlar o trânsito.

Acidente atraiu curiosos na BR-101 (Foto: Hígor Silva/4O Graus)

O Comando da Polícia Militar de Alagoas emitiu na noite desta quinta-feira (1º) lamentando a tragédia. Veja a nota na íntegra:

Nota de Pesar 

A Polícia Militar de Alagoas lamenta profundamente o falecimento do cabo José Luciano da Silva, e dos soldados Júlio César Pereira da Silva e Esdras Santos da Silva, durante um acidente envolvendo uma viatura do Pelopes da 2ª Companhia Independente, que colidiu com um caminhão-cegonha, na tarde desta quinta-feira (1º), no km 45 da BR-101, entre os municípios de Flexeiras e Joaquim Gomes.

Os três militares estavam de serviço e indo realizar uma operação no momento em que aconteceu o trágico acidente. Os policiais perderam a vida no cumprimento do dever, em defesa do povo alagoano e imolados na dura missão de combater o crime.

O cabo J. Luciano tinha 35 anos e ingressou na PM em 2006; o soldado Júlio Cesar tinha 33 e ingressou na corporação em 2010; já o soldado Esdras foi incorporado em 2013 e tinha 25 anos de idade.

A PM externa seu pesar à família e se coloca à disposição para o que se fizer necessário, disponibilizando total apoio às vítimas e seus familiares. Os nomes desses valorosos guerreiros jamais serão esquecidos pelos companheiros da corporação e por todos que anseiam e trabalham pela paz e justiça em Alagoas.


Fonte: G1 AL

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você