Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Pedro Martins / MoWa Press)

A Seleção Brasileira apresentou nesta sexta-feira o novo Centro de Excelência que os jogadores terão à disposição na Granja Comary durante a primeira etapa de preparação para a Copa do Mundo. Após cinco meses e R$ 17 milhões investidos, a entidade que regula o futebol do País concluiu o espaço que conta com tudo o que há de mais moderno no planeta em relação a equipamentos e estrutura.

Um ponto importante é o fato de os clubes brasileiros poderem fazer uso do impressionante Centro de Excelência após a Copa do Mundo. Para se ter uma ideia, apenas em equipamentos foram investidos R$ 11,5 milhões. O objetivo da CBF é receber atletas que precisem tratar lesões e que atuam em clubes que não possuem uma estrutura parecida.

Outra curiosidade é que o espaço também foi direcionado para pesquisas relacionadas ao futebol. Exemplo disso é a obrigatoriedade de funcionários da CBF de produzirem conteúdo para as principais revistas científicas de acordo com as pesquisas realizadas no Centro de Excelência com atletas de alto nível.


(Foto: Pedro Martins / MoWa Press)

O projeto elaborado pelo Departamento de Seleções da CBF é baseado em três pilares:

– Treinamento: Com todos os equipamentos de ponta e uma excelente estrutura para receber atletas, o Centro de Excelência não só será aberto para atletas e clubes do futebol brasileiro, mas também à arbitragem, que poderá fazer uso de todas as instalações em cursos e pré-temporada.

– Ensino: Com a reforma na Granja Comary, a CBF se estabeleceu como a primeira confederação no mundo a ministrar seus cursos no mesmo local em que sua seleção costuma trabalhar. Os cursos de Licença para Treinadores PRO, A, B e C serão realizados no local, bem como os de Gestão do Futebol, cursos técnicos e workshops.

– Pequisa: Com tudo isso à disposição, a CBF pretende dar um salto e se integrar de vez ao campo de pesquisa referente ao futebol. A ideia é fazer com que os profissionais da entidade estejam envolvidos em estudos diretos com atletas de alto nível e possam produzir conteúdo para ser compartilhado nas principais revistas científicas. As informações são da Gazeta Esportiva.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário