Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]


Belém, PA, 29 (AFI) - Depois de sete rodadas, o Remo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série C. Nesta sexta-feira à noite, na abertura da 12.ª rodada, ganhou do Juazeirense, por 3 a 0, no estádio Mangueirão, em Belém (PA).Nunca tinha vencido por três gols de diferença nesta competição.

Apesar do triunfo, o Remo ainda não conseguiu deixar a lanterna do Grupo A, com 11 pontos. Tem um a menos que o próprio Juazeirense e ambos continuam na zona de rebaixamento. O time baiano não vence agora há seis jogos.

INTERINO DE NOVO
O Remo voltou a ‘convocar’ o sempre interino João Nasser Neto, o popular Netão, para assumir o comando do time após a demissão de Artur Oliveira, o ‘Rei Artur’ que ficou no clube apenas um mês. Na pressão inicial, o time paraense abriu o placar.

Após o cruzamento da esquerda, Isac cabeceou bem alto e a bola passou por toda a marcação para morrer dentro do gol. Na comemoração ele se emocionou aos 15 minutos.

O time baiano teve uma chance aos 20 minutos. Lançado em velocidade, Victor sapo ganhou na corrida de Moisés e entrou na área. Chutou, mas o goleiro Vinícius espalmou para escanteio, numa grande defesa. Moisés quase cometeu pênalti no lance.

MAIS CHANCES
Mas o time paraense estava melhor em campo e voltou a ameaçar aos 24 minutos. Mesmo de longe Rodriguinho chutou forte e exigiu boa defesa de Tigre. No minuto seguinte, aos 25, Rodriguinho bateu de novo de longe. A bola ganhou efeito, explodiu no travessão e saiu por cima.

Aos 35 minutos, o Juazeirense ameaçou de novo. Após jogada pelo lado direito, Juninho Tardelli chutou mascado, a bola desviou e o goleiro Vinícius caiu do lado direito para encaixar a bola. De tanto insistir na finalização, Rodriguinho foi premiado com seu gol.

O goleiro Tigre tentou dar o chute numa bola que veio recuada em sua direção, mas a bola quicou e sobrou para o remista. Rodriguinho bateu de primeira, não pegou forte, mas a bola saiu cruzada e no canto esquerdo de Tigre que ainda deu um tapinha nela. Festa no Mangueirão.

RITMO MENOR
A boa vantagem inicial jamais tinha sido conseguida pelo time remista na competição. E, por isso mesmo, deu tranquilidade ao time para voltar ao segundo tempo para administrar o resultado. Pelo menos no começo. Everton, machucado, saiu para a entrada de Dudu.

Só aos 11 minutos é que o mandantes ameaçou. Numa virada do zagueiro Romário, a bola passou alta, mas deu susto na defesa. Aos 17 minutos, a segunda troca do Remo. Saiu Ruan para a entrada de Gabriel Lima, revelação da base.

O goleiro Vinícius ainda fez grande defesa para o Remo aos 20 minutos, quando Jussimar bateu forte e à queima roupa, mas o goleiro espalmou no centro do gol.

Aos 24 minutos saiu o terceiro gol. Isac foi lançado sozinho por Nininho pelo lado esquerdo, invadiu a grande área e cruzou. A bola desviou na perda do lateral Carlinhos e sobrou para o complemento de canela, de Gabriel Lima. Ele se empolgou na comemoração, tirou a camisa e recebeu o cartão amarelo.

O próprio Gabriel Lima ainda teve chance de ouro aos 35 minutos, quando recebeu passe de Nininho e bateu forte O goleiro Tigre espalmou.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times vão jogar no próximo domingo, dia 8 de julho, pela 13.ª rodada. O Remo vai sair diante do Santa Cruz, às 17 horas, no Arruda, enquanto o Juazeirense também vai atuar fora de casa, mas com o Globo-RN, a partir das 16 horas.

Local: Mangueirão - Belém (PA)

Árbitro: João Batista de Arruda - RJ

Assistentes: Dibert Pedrosa Moises - RJ e Diogo Carvalho Silva - RJ

Renda: R$ 47.100,00

Público: 2.337 pagantes (4.478 total)

Cartões Amarelos
Remo-PA: Moisés, Gabriel Lima, Rodriguinho
Juazeirense -BA: Eron, Waguinho, Júnior Gaúcho, Carlinhos, Jussimar

Gols
Remo-PA: Isac 15' 1T, Rodriguinho 40' 1T, Gabriel Lima 24' 2T

Remo-PA
Vinícius;
Nininho, Romário, Moisés e Fernandes;
Geandro (Vacaria), Leandro Brasília, Rodriguinho e Everton (Dudu);
Ruan (Gabriel Lima) e Isac.
Técnico: João Nasser Neto (interino)

Juazeirense -BA
Tigre;
Carlinhos, Eron, Junior Gaúcho e Deca;
Waguinho, Capone (Salatiel), Toni Galego (Jussimar) e Juninho Tardelli;
Victor Sapo e Cascata (Levi)
Técnico: Ailton Silva

As informações são do Futebol Interior.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário