Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Reprodução/ TV Grande Rio )

Em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, aproximadamente dez anos um clube no Centro está abandonado. O acúmulo de sujeira e a falta de segurança preocupam a vizinhança, que cobra providências para a situação do local.

Na entrada do clube, muito mato e lixo, as árvores parecerem não ser podadas há anos e o portão encontra-se escancarado e sem vigia fazendo a segurança. O aposentado José Marcos mora no prédio que fica ao lado do clube, ele se preocupa com a segurança da comunidade. "A gente sempre encontra o portão aberto. Consequentemente, latas de cerveja, bitucas de cigarro, a gente percebe. Isso significa que existe circulação de pessoas estranhas. O que acontece, há uma situação de risco, de perigo para a sociedade".

Dentro do local, a casa também não está em bom estado de conservação, tem muito lixo e até eletrodomésticos quebrados. Segundo os moradores, quando chove a piscina enche de água e serve de criadouro para o Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, Zika e chikungunya.

A administradora de um condomínio que fica na rua do clube, Virgínia Maria de Castro e Silva, o abandono deste local traz muitos transtornos para quem mora por perto. "Preocupa pelo perigo de meliantes, pessoas que vem aqui à noite, preocupa pelo foco de incêndio. Você está vendo que tem muita folha seca, muita árvore abandonada seca e os moradores do prédio ficam assustados, porque eles ficam preocupados com insetos, com dengue, com assaltos. Tudo isso preocupa na vizinhança", explica.


(Foto: Reprodução/ TV Grande Rio )

Virgínia já procurou o poder público para cobrar soluções para o problema, mas nenhuma medida foi tomada até agora. "A orientação que a gente tem, é que esse terreno é da oi e o pessoal da oi disse que tem que ser reportar a Recife. Só que aqui deve ter algum responsável por isso e essa responsabilidade não é nossa. Eu acho que se eles tem um terreno nesse porte, nessa localização, eles tem que ter a preocupação de pelo menos de manter esse local limpo". As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário