Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Reprodução

Propondo uma programação de dança em bairros distantes do centro da cidade, a Cia. Balançarte inicia, neste sábado (25), as atividades do 1º Circuito de Dança na Periferia de Petrolina. O projeto realizará quatro ciclos de atividades, de média de dois meses. Esse primeiro acontece na Escola Municipal Professor Nicolau Boscardin, no bairro Fernando Idalino, com uma apresentação gratuita de Hip-hop com o grupo H2Om Crew, às 09h.

Em cada bairro, a programação conta com apresentações de dois espetáculos de dança, realização de três oficinas formativas e de uma mostra pedagógica que encerra as atividades no local, além de bate-papos com os artistas. De acordo com o coordenador do projeto Marcos Aurélio, a diversidade de estilos de dança é uma marca do circuito. “Incrementamos nossa programação com as apresentações de trabalhos de grupos atuantes na cena da cidade, são grupos de diferentes vertentes da dança, como popular, contemporânea e de rua. Assim, a gente garante uma diversidade de danças para a apreciação das comunidades”, explica.

Estas linguagens também poderão ser vivenciadas nas oficinas de formação oferecidas para jovens do bairro, que já começam na próxima terça-feira (28). Serão contemplados cerca de 60 alunos por unidade, durante dois meses de encontros. A segunda apresentação será do espetáculo Eu Vim da Ilha da Cia. de Dança do Sesc Petrolina, no sábado (15/09). Após assistir aos espetáculos e trocar experiências com artistas profissionais, os participantes das oficinas encerrarão a programação no bairro Fernando Idalino apresentando experimentos coreográficos em uma Mostra Pedagógica na quinta-feira (11/10).

A companhia realizadora do projeto, Balançarte, que desde 2006 atua na cidade também surgiu na periferia e, por isso, criou esse espaço para difundir a dança nesses bairros. Marcos Aurélio conta que, por muito tempo, foi nesses espaços que grupo esteve sediado. “Já ocupamos escolas públicas, centros paroquiais, associação de bairro e o cineteatro do CEU. Sendo esses nossos espaços de atuação e enquanto ação de descentralização do fazer artístico, podendo ser acessado dentro da própria comunidade, é que optamos pela periferia para realização deste projeto”, comenta.

Nos ciclos de atividades seguintes, o 1º Circuito de Dança na Periferia deve chegar aos bairros José e Maria (na Associação das Mulheres Rendeiras), Rio Corrente (no Cine-teatro CEU das Águas) e João de Deus (no Centro Paroquial). Os grupos parceiros que se apresentam são a Cia. de Dança do Sesc Petrolina, a Confraria 27, o Coletivo Trippé, a Cleybson Lima Produções, o Coletivo Incomum, o H2Om Crew, e a própria Cia. Balançarte.

Programação na Escola Nicolau Boscardin

Formação:
28/08 a 10/10 – Oficinas de Dança Popular, Contemporânea e Experimental.
11/10 – Mostra Pedagógica das Oficinas às 09h.

Fruição:
25/08 – Apresentação de Hip-hop com o grupo H2Om Crew às 09h.
15/09 – Espetáculo Eu Vim da Ilha da Cia de Dança do Sesc às 19h.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário