Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Escola Municipal Rui Barbosa / Divulgação


Seis estudantes do município de Afrânio, no Sertão de Pernambuco, conquistaram medalhas na 21ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), organizada pela Agência Espacial Brasileira (AEB) em parceria Sociedade Astronômica Brasileira (SAB). O grupo foi premiado com uma medalha de prata e cinco de bronze. As provas da OBA foram aplicadas no mês de maio e o resultado saiu agora em outubro.

Suzana Rodrigues, medalhista de prata, Irineu Geraldo Rodrigues, Daniel Benedito Rodrigues, Ana Patrícia Cruz do Nascimento, Jamile dos Santos Rodrigues e Ana Clara Rodrigues Fernandes, medalhistas de bronze, são estudantes do 9º ano, da Escola Municipal Rui Barbosa, localizada no distrito de Arizona, na zona rual de Afrânio.

A estudante Jamile dos Santos Rodrigues, de 15 anos, lembrou que antes da realização da OBA a professora de geografia, Maria Isabel Gomes da Silva, preparou os alunos, apresentando questões que foram utilizadas na Olimpíada de 2017. “A professora fez dois simulados e no dia da prova nós sabíamos como fazer”, diz a garota, que afirma ter ficado mais motivada após a premiação..

A 21ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) contou com a participação de mais de 770 mil estudantes, do ensino fundamental e médio, de mais de 8 mil escolas públicas e privadas do país, que foram divididos em quatro níveis, de acordo com a série. Cerca de 40 mil estudantes, dos quatro níveis, receberam medalhas de ouro, prata ou bronze.

Os estudantes de Afrânio responderam a prova do nível 3, reservada para alunos matriculados do 6º ao 9º do ensino fundamental. As provas eram compostas por dez questões, sendo sete de astronomia e três de astronáutica. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário