Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Acidente envolvendo deixa 7 mortos na BR-153, em Porangatu (GO) — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizou 1.166 acidentes em rodovias federais de 21 a 25 de dezembro, feriado prolongado de Natal, durante a Operação Rodovida.

Nestes quatro dias de operação, os acidentes deixaram 89 mortos e 1.485 feridos (veja números abaixo) em todo o país.

Entre os casos mais graves registrados no país está o acidente que matou três adultos, duas crianças e duas bebês no sábado (22), em Porangatu (GO). Todos eram da mesma família e viajavam para uma festa de Natal.

Em Carazinho (RS), quatro pessoas morreram em um acidente entre um carro e um ônibus. O passageiro do ônibus que morreu estava sem cinto de segurança e foi arremessado do veículo.


Outros casos

Durante o período de Natal, a PRF registrou mais de 70 flagrantes por hora de condutores fazendo ultrapassagens irregulares em rodovias federais. Também foram registrados 72.725 flagrantes de excesso de velocidade.

As ações de fiscalização também focaram a ingestão de bebida alcoólica ao volante – durante os quatro dias, foram 1.907 autos de infração para motoristas que dirigiram após ingerir bebida alcoólica, um flagrante a cada 21 testes de bafômetro aplicados.

Outros 5.807 motoristas foram flagrados sem cinto de segurança. Durante as fiscalizações, a PRF também emitiu 946 autos de infração para motociclistas sem capacete e 1.020 motoristas foram flagrados trafegando com crianças sem cadeirinha.

A operação também apreendeu os seguintes itens:

Apreensão de 3,9 toneladas de maconha
Apreensão de 25 kg de cocaína
Apreensão de 32.500 maços de cigarros ilegais
Apreensão de 16 armas de fogo
Recuperação de 54 veículos
Detenção de 677 pessoas com mandados de prisão

Comparação

Em 2017, o feriado de Natal contou com um dia a menos em relação a este ano, pois foi contabilizado entre 22 e 25 de dezembro. No período, a PRF registrou 1.352 acidentes, com 79 mortes.

Outros 1.418 motoristas foram flagrados sem cinto de segurança. Durante as fiscalizações, a PRF emitiu 232 autos de infração para motociclistas sem capacete e 278 motoristas foram flagrados levando crianças sem cadeirinha. As informações são do G1 DF.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário