Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Um projeto pioneiro para impulsionar a atividade dos mototaxistas de Petrolina (PE) foi lançado, na noite desta terça-feira (04). O prefeito Miguel Coelho assinou os dois primeiros financiamentos de juros baixos voltados para os profissionais de mototáxi adquirirem novos veículos. A iniciativa é a primeira deste tipo realizada no Nordeste com financiamento de uma prefeitura.

Denominado Empreender Mais, o projeto será coordenado pela Agência do Empreendedor (AGE) em parceria com o Sindicato dos Mototaxistas de Petrolina e as revendedoras da Honda e Yamaha. A ação permitirá que os profissionais adquiram financiamento de até R$ 8 mil com juros de apenas 1%. As linhas de crédito ainda oferecem a vantagem de cobrar a primeira parcela do empréstimo após três meses da compra do veículo.

Ao entregar as duas primeiras motos, o prefeito salientou a importância do projeto para a economia e a segurança no trânsito. “É uma forma de estimular um importante segmento econômico de nossa cidade, mas o maior retorno desse investimento é a saúde da população e dos mototaxistas, já que esses veículos são mais seguros e com tecnologia avançada em componentes como os freios. Então, a gente gera mais renda e pode até salvar vidas”, defendeu o prefeito.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Marcos Campos, com esse financiamento, as motos que custariam até R$ 24 mil num financiamento de um banco comum, poderão ser adquiridas próximo a R$ 10 mil (preço de compra à vista). “É uma vantagem enorme porque o mototaxista pagaria num financiamento normal duas motos, enquanto nessa linha da AGE sai quase pelo preço à vista”, explicou Marcos Campos.

Petrolina tem na atualidade cerca de 800 profissionais de mototáxi. A expectativa, segundo a categoria, é renovar por meio desse projeto cerca de 30% da frota.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário