Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Fiscalização nos postos de combustíveis é realizada pelo Ipem e Prodecon — Foto: Juliane Peixinho/ G1

O Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) e o Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) estão realizando fiscalizações nesta terça-feira (12) em postos de combustíveis em Petrolina, no sertão de Pernambuco. O objetivo é verificar se existe adulteração nas bombas dos postos e ainda identificar qualquer elevação no preço da compra do combustível para a venda.

De acordo com a gerente regional do Ipem, Susan Turuda, é realizada uma fiscalização visual nas bombas e também um teste de volumetria. "A gente coloca na nossa medida de volume calibrada 20 litros de combustível, dando 20 litros no visor, agente confere para ver se realmente foi entregue ao consumidor esses 20 litros. Para ver se não está tendo nenhuma adulteração em relação a entrega da quantidade de combustível".
O diretor-presidente do Prodecon, Dhiego Serra, explica que os postos de combustíveis são notificados para fazer a entrega das notas fiscais dos últimos três meses. "É para que a gente tenha a noção do preço que foi comprado o combustível pelos donos de postos a distribuidora e o preço que é revendido para o consumidor final".

Caso seja comprovada alguma irregularidade, Dhiego Serra ressalta que o posto pode ser autuado, emitido um laudo de infração, e até ser interditado. As informações são da Juliane Peixinho / G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário