Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Motofretistas tem que comparecer ao Detran — Foto: Divulgação / Detran-PE

A partir desta segunda-feira (03), motofretistas do Sertão de Pernambuco devem passar pela primeira jornada de inspeção semestral obrigatória 2019 no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE). Atualmente, o estado tem 1.262 motos cadastradas para o serviço de motofrete.

A inspeção será realizada nos dias 03, 06 e de 19 até 28 de junho, nas unidades de Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Pernambuco. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.

É necessário apresentar original e cópia da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor ou cópia autenticada, constando no campo de observações o curso especializado de motofretista e atividade remunerada. Além de a original e cópia do Certificado de Registro e Licenciamento Anual (CRLV).
Serão avaliados os equipamentos obrigatórios, tanto do veículo quanto do motoboy, além da documentação obrigatória. Após a inspeção, o motofretista que estiver regular receberá um selo de certificação.

Já quem não realizar a inspeção está sujeito a multa, a retenção do veículo para regularização e a ter o cadastro bloqueado na base de dados do Detran, ficando impossibilitado de fazer serviços de veículos, a exemplo do Licenciamento Anual. A empresa que emprega motofretes em situação irregular também responde perante a Justiça do Trabalho.

Segundo o Detran, a motocicleta ou motoneta utilizada para a atividade de motofrete ao completar cinco anos, no período de realização da inspeção obrigatória, deverá ser substituídas por outra que seja pelo menos dois anos mais nova antes de comparecer ao Detran para ser inspecionada. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário