Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Missa celebra um ano de morte de Geraldo Coelho — Foto: Paulo Ricardo Sobral/ TV Grande Rio

Há um ano, Petrolina, no Sertão de Pernambuco, se despediu do 'Trator do Sertão'. Era assim que Geraldo Coelho era conhecido. Para lembrá-lo, foi celebrada na manhã deste sábado (24) uma missa na Igreja Matriz de Nossa Senhora Rainha Dos Anjos. E também inaugurado um memorial na Fundação Nilo Coelho que leva o seu nome.

Na missa na Igreja Matriz, as músicas foram tocadas pela orquestra Novos Talentos, da fundação Nilo Coelho. As leituras foram feitas por parentes e amigos.

As homenagens continuaram com a inauguração do Memorial Geraldo Coelho, que vai funcionar no primeiro andar do prédio da Fundação Nilo Coelho. O espaço vai contar a história do Trator do Sertão, e estará aberto para a visitação de escolas e para o público em geral.

Geraldo Coelho


Geraldo Coelho — Foto: Divulgação

Geraldo de Souza Coelho nasceu no dia 5 de abril de 1926, em Petrolina. Ao longo dos 92 anos de vida, se dedicou a luta pelo povo, em especial os sertanejos. Foi vereador e prefeito do município. Na câmara legislativa de pernambuco foi deputado estadual por seis mandatos.

O Trator do Sertão deixou um legado importante na cidade em obras como o viaduto dos barranqueiros, o Museu do Sertão, a Facape e a avenida da integração que, a partir deste sábado (24), passa a se chamar avenida da integração deputado Geraldo Coelho. Ao lado do irmão, Osvaldo Coelho, fixou o olho no progresso e firmou bem as estacas do desenvolvimento durante as andanças pelo sertão. Geraldo coelho morreu em 24 de agosto do ano passado. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário