Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]




A partida começou em ritmo lento no estádio Cornélio de Barros. Com muitos erros de passe, Salgueiro e Sport criavam poucas chances. Na metade da primeira etapa que o jogo começou a acelerar, com ambas equipes chegando melhor ao ataque. Dessa vez, no entanto, esbarravam nos erros de finalização. Foi nos minutos finais que o confronto, enfim, ganhou movimento. Leandro Barcia marcou para o Leão. Mas uma bola lançada no braço do lateral-esquerdo Sander fez o Carcará empatar em cobrança de pênalti. As equipes saíram para o intervalo com o placar em 1 a 1.

O Sport voltou ao campo fazendo alterações no time no meio de campo e no ataque, equanto o Salgueiro voltou o mesmo. Mas na partida, pouco mudou. Com o excesso de erros, o que se sobressaiu foram as faltas. Nesta etapa, foram quatro cartões amarelos (Mugni e Ewandro no Sport e Willian Anicete, Bruno Sena e Bruce, pelo Salgueiro). Aos 33 minutos, a história mudou. Depois de um cabeceio de Muller Fernandes no travessão, o meia Renato Henrique mandou para o fundo das redes e virou para o Carcará.

Esta não é a primeira vez que o Sport sofre com o problema na criação e finalização das jogadas. Dessa vez, no entanto, o adversário, Salgueiro, também chamou atenção para o quesito. O primeiro tempo da partida foi marcado pelas falhas das equipes, que conseguiram balançar as redes aproveitando uma das poucas oportunidades de cada.

Titular no Salgueiro, o meia Renato Henrique foi o responsável por dar os números finais ao placar e garantir a subida da equipe na classificação. Depois de esbarrar em erros na primeira etapa, o meia aproveitou o rebote de um cabeceio de Muller Fernandes no travessão e chutou para virar o placar para o Carcará aos 33 minutos do segundo tempo.

Apesar da derrota e das falhas nas finalizações, o uruguaio Leandro Barcia se salvou aparecendo mais uma vez como o nome dos gols do Sport. Foi o atacante que, ainda na primeira etapa, abriu o placar para o Leão. Com a marca, chegou a três gols e sai na frente como artilheiro da equipe neste ano.

O confronto entre Salgueiro e Sport nesta Quarta-feira de Cinzas esteve distante de animar o público no estádio Cornélio de Barros. Com muitos erros de passe e finalização, as equipes sofreram para criar oportunidades reais na partida. Quando enfim conseguiu uma melhor tentativa, o Leão abriu o placar com Leandro Barcia. Mas assistiu o Carcará empatar pouco depois em um pênalti cobrado por Muller Fernandes. Os erros seguiram na segunda etapa, até que o Salgueiro encontrou uma oportunidade com Renato Henrique e virou o jogo, dando os números finais ao placar: 2 a 1.

Como fica

Com o resultado, o Sport se manteve na zona de rebaixamento, com sete pontos. O Salgueiro, por sua vez, somou dez e subiu para terceiro colocado na tabela.


Próximos jogos

Sport e Salgueiro voltam a jogar no sábado, em jogos válidos pela sétima rodada do Pernambucano. O Rubro-negro recebe o Afogados da Ingazeira, às 16h, na Ilha do Retiro, enquanto o Carcará enfrenta o Decisão, às 20h, no estádio Cornélio de Barros. As informações são do GloboEsporte.com

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário