Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Com recomendação de isolamento social, os restaurantes estão com baixo movimento e cresce procura por serviços de entrega em Petrolina — Foto: Reprodução TV Grande Rio

Com as recomendações das autoridades para evitar aglomerações e conter o avanço do coronavírus, a procura por serviços delivery cresceu em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

Alguns empresários já notaram a mudança no comportamento do consumidor. É o caso do proprietário de uma lanchonete, Waldir Junior que já contabiliza a queda no movimento no local e aumento nas vendas através do delivery. "No salão a venda total da loja já caiu 10%. Os clientes hoje estão buscando o canal do delivery e o drive thru que são opções seguras para que as pessoas continuem consumindo".

Com as compras mais recorrentes, uma empresa de plataforma de pedidos online já notou um aumento nas solicitações de cadastro no aplicativo. "Na semana passada, a gente tinha pouco menos de 300 estabelecimentos (cadastrados no aplicativo), hoje são em Juazeiro e Petrolina, 310 empresas cadastradas. Só ontem, quando começou a aumentar esse movimentos das empresas, a gente recebeu mais de 15 cadastros", explicou o sócio-proprietário da empresa, João Neves.

A proprietária de um restaurante de comida regional, Jucilene Melo, decidiu fechar as portas do estabelecimento para o atendimento ao público. Agora ela está investindo na entrega das refeições.

"Nesse momento difícil que a gente está vivendo, tem que realmente procurar fazer, ver o que é melhor para a sociedade, pensar mais no coletivo e de repente se reinventar. A gente está vendo como segue esse novo trabalho, para ver de que modo a gente vai reaproveitar o pessoal. Já tem dois garçons que eu sei que vão fazer o serviço de entrega e a gente está chamando a equipe, todo mundo concordou em ver como cada um pode ajudar", ressaltou. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário