Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



(Foto: Reprodução/ TV Grande Rio )

O Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, concedeu entrevista ao telejornal GR1 da TV Grande Rio na quinta-feira (19). Ele anunciou novas medidas que estão sendo adotadas no município para a prevenção do novo coronavírus. Petrolina contabiliza 13 casos suspeitos, sete descartados e nenhuma confirmação do Covid-19.

Testagem de casos suspeitos

"O estado, a partir de ontem [18], mudou o seu protocolo de atendimento e de testes, só vão testar os casos graves e que estejam hospitalizados. A gente entende a demanda que é muito grande, mas a gente quer zelar ainda mais, se for para pecar a gente quer pecar pelo excesso aqui em Petrolina. Hoje [19] autorizei a Secretaria de Saúde para fazer a compra de kits de testes rápidos para que a gente mantenha o nosso protocolo. Está suspeito ou está com sintomas, vamos testar, o problema é que a rede privada não está dando conta das vendas e dos volumes dos testes. A previsão é que chegue em Petrolina entre 15 e 20 dias. (...) Por enquanto que não temos testes, aqueles que estão com sintomas médios e leves vamos monitorando e pedindo para que essas pessoas fiquem em isolamento domiciliar e quando recebermos os novos kits, vamos testar todo mundo".

Feiras livres

"Hoje [19] suspendemos todas feiras livres de Petrolina. A gente sabe que isso vai trazer transtornos, principalmente para os feirantes que dependem disso. Pensando nisso, a gente está pensando na alternativa para criar um voucher para o feirante, para que a produção que ele tenha ali, que muitas vezes é familiar, ele possa a fazer a venda por entrega ou até a própria prefeitura compra para que não tenha uma interrupção na cadeia dos pequenos negócios de Petrolina".

Shopping

"Nós recomendamos ao River Shopping, e a partir de sábado (21) o shopping seja fechado. Ainda não foi um decreto de fechamento. Eu quero fechar até sábado, a gente colocou essa suspensão para que os lojistas se sensibilizem com essa situação que o Brasil todo está passando".

Aeroporto

"Autorizamos ontem [18] a compra dos termômetros infravermelhos para colocar no aeroporto. A gente sabe que o aeroporto de Petrolina é um fluxo diário enorme de pessoas vindo de São Paulo, Recife e Salvador. As equipes de vigilância vão estar no aeroporto para puder ver aquelas pessoas com sintomas para a gente fazer o monitoramento. E hoje [19], solicitamos a ANAC e a Infraero para que sejam suspensos todos os voos aqui em Petrolina, porque a gente não dá conta e que a gente não tem controle".

Supermercados

"O que a gente pediu aos donos de mercado, supermercados, atacados, que está limitado por decreto estadual o limite de 50 pessoas em ambientes privados. (...) Limita a entrada de 50 em 50, deixa um horário reservado para o idoso". As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário