Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



PL quer suspender cortes de energia e água no Acre durante pandemia do novo coronavírus — Foto: Divulgação/Eletrobras

Um projeto de lei protocolado, nesta quinta-feira (19), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) quer suspender o corte dos serviços de energia e água no Acre por 90 dias devido à pandemia do novo coronavírus. O Acre está em situação de emergência e confirmou três casos da doença nesta semana.

A medida já foi tomada em outros estados também. O texto, apresentado pelo deputado estadual Edvaldo Magalhães (PC do B), diz que as suspensões dos cortes podem, inclusive, ser prorrogados conforme o avanço da doença no estado.

Além disso, as empresas concessionárias dos serviços ficariam responsáveis por elaborar medidas de parcelamento das contas atrasadas desde 16 de março.

O parlamentar diz que está prevendo o impacto econômico dessa crise no estado. Disse ainda que é uma forma de ajudar as pessoas que serão prejudicas com as medidas de isolamento decretadas para a segurança da população.

“Nós vamos ter um baque enorme na economia. A vida de milhares de pessoas vai ser dificultada, daqueles que vivem de serviços, os autônomos vão ter cada vez mais menos dinheiro e se tem uma coisa que é essencial para todas as pessoas é água e energia, para, pelo menos, ficarem confinados dentro de casa”, explica.

Ele completa ainda reforçando que a medida também é uma forma de assegurar tempo até que tudo se normalize quando o cenário começar a ser controlado.

“É uma forma de proteção do nosso povo, daqueles que não vão ter condições de pagar sua água e sua luz no fim do mês, porque é a possibilidade do tempo, necessidade de se recuperar e levar a vida normal, é um ato que estende a mão para as pessoas que mais precisam”, finaliza.

O projeto agora vai passar pelas comissões e ser apresentada em plenário para sanção ou não.


Covid-19 no Acre

Para tentar controlar o contágio da doença no Acre, o governo decretou situação de emergência na terça-feira (17), mesmo dia em que três casos deram positivo para o Covid-19.

Os casos confirmados são de pacientes que estavam fora do estado e que acabaram sendo contaminados pelo vírus. O governo ainda aguarda resultado da contraprova.

Até esta quinta (19), 55 casos estão sob investigação para o coronavírus. Os casos só são oficialmente considerados quando o Ministério da Saúde reconhece. Todos os casos confirmados são de Rio Branco e a prefeita da cidade, Socorro Neri, também decretou situação de emergência na cidade.

O decreto estadual, reforçado com o estadual, determina a suspensão de eventos, aglomerações e pede que todos os acreanos cumpram o período de quarentena para evitar a proliferação da doença.

Ao todo, são 7 casos de morte em decorrência do Coronavírus no Brasil. No Rio de Janeiro, duas mortes foram confirmadas nesta quinta (19). Em todo o Brasil são 512 pessoas infectadas, segundo as secretarias estaduais brasileiras. O boletim do Ministério da Saúde desta quarta (18) aponta 291 pacientes infectados. As informações são de Tácita Muniz, G1 AC.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário